Torcedora símbolo do America, Tia Ruth morre aos 96 anos

Ela era conhecida por levar flores aos jogadores e chama-los de “queridinhos”. Clube decretou luto de sete dias

Figura conhecida pelos cariocas, a torcedora símbolo do America Tia Ruth morreu ontem (29) aos 96 anos de causa não revelada. O clube decretou luto de sete dias e afirmou que “em diálogo com sua família” está organizando os serviços funerários.

“É com profundo pesar que comunicamos o falecimento de nossa querida Torcedora Símbolo, Tia Ruth. O America Football Club decreta luto de sete dias. Em diálogo com sua família, o Clube está organizando os serviços funerários e em breve traremos novas informações”, postou o perfil do América nas redes sociais.

Nascida Ruth Araújo Rodrigues, a torcedora completaria 97 anos na segunda-feira da próxima semana, 4 de outubro. Tia Ruth tinha o costume de entrar no campo para cumprimentar os jogadores do América, a quem se referia como “queridinhos”. Também distribuía flores, principalmente à torcida adversária, como um símbolo de paz. Em agosto de 2013, ela recebeu o título de sócia emérita do tradicional clube carioca.

Torcedor conhecido do clube, o jornalista carioca José Trajano foi outro a homenagear Tia Ruth nas redes sociais.

“Tristeza imensa! Faleceu hoje a querida Tia Ruth, prestes a completar 97 anos, torcedora símbolo do meu America”, postou Trajano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + sete =