Vídeo: Tiroteio interrompe partida de futebol no interior do RJ

Infortúnios fazem parte do universo do esporte, em especial das partidas de futebol. Na história, ha relatos de jogos interrompidos por conta do mau tempo, confusões na arquibancada, falta de ambulância… no entanto, são raros os registros de partidas interrompidas devido a ocorrências policiais. Foi o que aconteceu, nesse domingo (31), em Macaé, no Norte do Estado.

O duelo entre Serra Macaense e Carapebus, no estádio Moacyrzão, válido pelo Campeonato Carioca Sub-20, foi paralisado (e não mais retomado) aos 29 minutos do segundo tempo, com o placar em 0x0. O motivo foi uma troca de tiros entre policiais militares e bandidos da comunidade da Nova Holanda, que fica ao lado do campo. Outro detalhe é que tudo foi transmitido ao vivo, pela internet.

No momento em que o confronto se intensificou, o goleiro da equipe do Carapebus era atendido pelos médicos no gramado, após sentir uma contusão. O narrador Breno Monsef, que transmitia o jogo pela TV Serra Macaense, no YouTube, relatou ter ouvido alguns disparos momentos antes. Ele afirma que estava protegido, mas que a maior preocupação era com familiares dos atletas, que estavam nas arquibancadas.

“Quando teve o primeiro, o comentarista perguntou se era tiro. Eu não acreditei, porque foi só um e continuei. Depois teve o segundo. O terceiro momento foi quando o goleiro estava caído e começaram as rajadas. Nós já estávamos protegidos, perto do vestiário. A preocupação era informar e com as famílias na arquibancada. Dava até para ver uma mulher com um bebê. Eu estava tranquilo por mim, mas tenso por todo o contexto. Nunca tinha passado por isso num jogo desse tamanho”, afirmou Breno, em entrevista ao jornal A TRIBUNA.

Após a paralisação, a transmissão ficou no ar por uma hora com a cobertura jornalística sobre o tiroteio. Uma das preocupações de Breno era tranquilizar as pessoas que estavam assistindo. Ninguém se feriu. Até o fechamento desta reportagem, ainda não havia sido confirmada a data para realização dos 16 minutos restantes do jogo.

Por meio de nota, a PM informou que “policiais militares do 32º BPM (Macaé) foram atacados a tiros por criminosos na região da comunidade Nova Holanda e houve confronto no domingo (31/10). O terreno foi estabilizado. Não houve prisão, apreensão ou relato de ferido. O policiamento ostensivo segue intensificado na área e, até o momento, sem ocorrências”.

Já o Serra Macaense informou que o jogo “foi interrompido aos 29 minutos da etapa complementar para preservação da integridade dos atletas e demais cidadãos envolvidos na partida. O duelo envolvendo o time feminino, que seria realizado na sequência, foi cancelado. A diretoria aguarda o pronunciamento da FERJ para adequação da tabela de ambas as categorias”. O Carapebus ainda não se pronunciou.

Imagens: TV Serra Macaense/Reprodução

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.