Tiroteio, explosão e morte no Colubandê

Augusto Aguiar –

A paz dos moradores da Rua Ana Cristina, situada às margens da Rodovia Amaral Peixoto (RJ-104), altura do bairro do Colubandê, em São Gonçalo, terminou por volta das 09h30m da manhã dessa sexta-feira (12), com um intenso confronto entre policiais do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) e bandidos, que deixou saldo de um homem morto, outro preso, além da apreensão de uma arma. No enfrentamento até uma granada foi lançada e explodiu junto a uma viatura policial. Felizmente nenhum militar se feriu.

Segundo relatos, o BPRv recebeu uma denúncia que dois suspeitos estacionaram um carro (modelo Fiat Palio, de cor cinza) naquela rua, sendo que um deles estava dentro do veículo e outro sentado junto na calçada. Os policiais foram checar a denúncia, e ao se aproximarem dos suspeitos e tentarem uma abordagem, foram atacados a tiros pelos criminosos, dando início a intenso confronto na rua, onde na esquina está situado Colégio Estadual Dr. Rodolpho Siqueira. Houve pânico e correria de populares que passavem pelo local para se abrigar dos tiros.

Um dos bandidos portava uma granada, que foi lançada e explodiu junto a uma das viaturas do BPRv. Por pouco um dos policiais que estava na ocorrência não foi atingido e os vidros laterais do carro foram estilhaçados. Na perseguição e confronto, um dos marginais foi baleado e morreu no local. O comparsa tentou escapar invadindo uma residência, mas foi dominado e preso. Ele é oriundo de Manilha, Itaboraí. Um revólver calibre 38 foi apreendido. A polícia informou ainda que o veículo, onde os marginais estavam (Pálio), havia sido roubado na noite do dia 7 (domingo), onde uma vítima, que seguia para a igreja foi rendida por dois homens armados e obrigada a entregar o carro aos bandidos. A identificação dos criminosos não foi fornecida pela polícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *