Operação no Cavalão termina com apreensões e PM baleado

Um sargento do 12º BPM (Niterói) foi baleado, no fim da manhã desta terça-feira (04), durante uma incursão na comunidade do Cavalão, em Icaraí, na Zona Sul de Niterói. A ação visava reprimir o tráfico de drogas e roubos de veículos na região, e o intenso confronto entre policiais e criminosos assustou motoristas e transeuntes que passavam por ruas adjacentes da comunidade. Durante a operação um homem foi preso com um fuzil, ele é apontado como líder do tráfico na localidade.

O policial foi atingido no ombro, foi socorrido pelos companheiros e levado para o Hospital Icaraí, onde foi submetido a exames. “Estou no hospital com o policial. O policial está estável. Falei com o médico. Ele está bem”, declarou o comandante do 12º BPM, tenente coronel Sylvio Guerra, esclarecendo outros informes dando conta do suposto óbito do policial e outros de quadro de saúde grave.

Após o confronto que terminou com o PM baleado, militares vasculhavam a comunidade, e no interior de uma casa, próximo a mata, um homem, conhecido como Guelão, apontado como líder da venda de drogas na comunidade foi encontrado. Baleado, o suspeito foi achado com um fuzil e grande quantidade de drogas.

Por volta das 11 horas, moradores, transeuntes e motoristas já relatavam nas redes sociais intenso tiroteio na comunidade. Não demorou, e ruas adjacentes, como a Joaquim Távora, tiveram o trânsito interrompido, com o fluxo passando para Rua Lemos Cunha.Vários condutores chegaram a manobrar para retornar na contramão. Outros preferiram desligar o carro e descer do veículo, aguardando a situação se acalmar e o trânsito voltar a fluir. O tráfego no túnel e na Estrada Fróes não chegou a ser interrompido por causa do tiroteio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 3 =