“Tesoureira” e homem de confiança do tráfico presos no Morro do Cavalão

Policiais militares do 12º BPM (Niterói) prenderam, na manhã dessa quarta-feira (16), em cumprimento de Mandado expedido pela justiça, uma mulher identificada como Jandira Tavares, de 59 anos, apontada por envolvimento com o tráfico de drogas na comunidade do Cavalão, em Icaraí, na Zona Sul de Niterói. Segundo a polícia ela seria “tesoureira”, responsável pelas finanças do antigo líder da venda de drogas na comunidade, conhecido como Guelão. Esse líder já havia sido preso anteriormente. Junto com ela foi presa, também em cumprimento de Mandado de Prisão, expedido pela 2ª Vara Criminal de Niterói, Juliano Martins dos Santos, de 31 anos, que por sua vez é apontado como um dos homens de confiança do mesmo traficante. Os acusados eram considerados foragidos.

Anderson Rodrigues de França, o Guelão, foi baleado e preso no mês de junho, quando o 12º BPM realizou uma operação para coibir o tráfico no Cavalão. Guelão era apontado como o segundo homem na hierarquia do tráfico na comunidade. Com ele, os policiais apreenderam na ocasião um fuzil, calibre 5.56, além de drogas. Na mesma operação um sargento da PM foi baleado no ombro durante intenso confronto. Durante a troca de tiros, os agentes encontraram Guelão portando o fuzil, que teria sido utilizado para atingir o policial militar. Na ação, o acusado também foi baleado e internado sub custódia. De acordo com investigações Guelão havia sido escolhido por outro líder do tráfico, Reinaldo Medeiros Ignácio, o Kadá, que mesmo preso em um presídio federal em Mossoró, no Rio Grande do Norte, desde 2009, continua comandando o tráfico de drogas no Cavalão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *