Técnica de enfermagem é presa por desvio de material do Hospital Azevedo Lima

Uma técnica de enfermagem do Hospital Estadual Azevedo Lima (Heal), foi presa, por desviar medicamentos e insumos da unidade, na quinta-feira (25), em Magé, na Baixada Fluminense. Ela responderá por crimes contra a saúde pública e receptação.

A ação foi coordenada por policiais civis da 65ª DP (Magé). Segundo a delegada Isabelle Conti de Almeida, titular da distrital, a investigação foi denunciada após sua equipe receber denúncia de que a acusada fazia atendimentos médicos usando insumos desviados da unidade.

“Recebemos denúncia de que uma profissional da saúde desviava medicamentos e insumos médicos do hospital para realizar atendimentos particulares em Magé”, informou a delegada.

Os policiais foram à casa da acusada, no bairro Citrolândia, e, no local, foram arrecadados diversos medicamentos, como antibióticos e anti-inflamatórios, insumos médicos, além de um aparelho oxímetro profissional com a identificação do hospital estadual onde ela trabalha.

Oxímetro com identificação do Heal – Divulgação/Polícia Civil

Com a comprovação das denúncias, a técnica de enfermagem foi presa em flagrante. De acordo com a delegada, a acusada, em depoimento aos agentes, relatou que outros profissionais de saúde, que trabalham na unidade, adotam a mesma prática.

“Sim [podem haver outros profissionais envolvidos]. Na verdade a própria indiciada disse que outros profissionais também desviavam”, esclareceu Isabelle Conti de Almeida, que confirmou que as investigações prosseguem para apurar a participação de outros funcionários.

A técnica de enfermagem foi conduzida à carceragem da distrital. Além dos crimes que motivaram sua prisão em flagrante, ela também será indiciada pelo crime de peculato-desvio, previsto no artigo 312 do Código Penal.

Por Vítor d’Avila

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − 8 =