Teatro Municipal Gonçalense passará por vistoria interna

A Prefeitura de São Gonçalo confirmou que já está com as chaves do Teatro Municipal Gonçalense, localizado na Rua Feliciano Sodré, no Centro, após longos anos de obras. A Comissão de Cultura e Desporto da Câmara dos Vereadores de São Gonçalo vai abrir uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar a demora na abertura e os investimentos do centro cultural. Outra medida da instituição será uma denúncia ao Ministério Público Federal para aprofundar a investigação.

A Prefeitura de São Gonçalo informou que já está em posse das chaves do Teatro Municipal que entrará em fase de avaliação interna, da parte elétrica, hidráulica e iluminação. Ainda de acordo com o informe está sendo preparado, para o segundo semestre, o edital de ocupação para empresas patrocinadoras que queiram participar da gestão compartilhada com a prefeitura.

A estrutura do teatro, que fica ao lado da Prefeitura de São Gonçalo, é a mesma de muitos anos. Tapumes escondem parte do terreno, restos de obras e pedaços de madeira escoram a tapagem de alumínio. Mas pintura, emblema e nome do teatro continuam bem preservados assim como o jardim externo. O imbróglio a cerca desse assunto propõe muitas dúvidas dos gonçalenses sobre o real funcionamento do centro de cultura. “Eu sempre vejo essa obra e tenho muita vontade de ir ao teatro. Com certeza seria uma opção muito boa para o gonçalense que é tão carente de opções culturais”, pontuou a dona de casa Adeuzira Pacheco, 66 anos.

O espaço teria ficado fechado pela construtora até acerto de uma dívida, cerca de R$ 1,6 milhão, deixada pela gestão passada. A administração do teatro teria que ser compartilhada com outros órgãos privados. Outra hipótese seria que a obra nunca aconteceu e o espaço só ficou fechado até a administração pública querer assumir o empreendimento. “Vou abrir uma CPI para apurar essas questões e também vou fazer uma denúncia ao Ministério Público Federal. Precisamos entender o que está acontecendo. Encontrei no final de semana passado o secretário de cultura e ele disse que já tinha as chaves do espaço. Agora temos que ter esclarecimentos”, frisou Jamil Júnior (PRTB), presidente da Comissão de Cultura e Desporto da Câmara dos Vereadores de São Gonçalo.

MAIS DETALHES
O espaço conta com 256 lugares, palco, mezanino, camarins, bilheteria, cafeteria, cinco banheiros (sendo um com acessibilidade) e um fraldário. Além de uma sala de ensaio da Orquestra Municipal, com administração, copa, vestiários e área para exposições.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *