Teatro Municipal de SG ganha pintura abstrata de artista de renome mundial

Quem passou nesta última semana em frente ao Teatro Municipal de São Gonçalo, e se indagou sobre a colorida e inusitada intervenção em andamento na fachada do prédio, matou enfim a curiosidade neste domingo com a finalização da pintura artística do renomado grafiteiro e ilustrador Marcelo Eco. A obra, denominada Raiz Forte, toma forma em uma grande parede de 18 metros de altura por 14 de largura, em uma imagem minimalista e abstrata. O nome do trabalho foi escolhido pelo artista gonçalense em referência às suas origens, cuja parceria com o governo municipal o traz de volta após rodar o mundo com exposições em diversos países, como Itália, França, Egito, Angola, Chile, Argentina, Holanda e Alemanha.


“Essa cidade me deu tudo, e me formou como ser humano. Retribuir minha gratidão à sociedade me dá um sentimento de pertencimento. É um lugar que me orgulha muito, feito de pessoas batalhadoras”, exclama ele, explicando sua inspiração. “Esse é um teatro contemporâneo e, quando eu via seu paredão, já imaginava que deveria exalar não somente a bela arquitetura, mas também a arte por fora da estrutura. Ser o primeiro artista a expressar minha obra na frente do Teatro Municipal é uma grande honra”, diz.

Com inspiração urbana e estilo marcante, Marcelo Eco ainda vai realizar outras duas obras na cidade, a serem iniciadas já na semana que entra: uma no pórtico da Praça Luiz Palmier, no Centro, com imagens gráficas emblemáticas de São Gonçalo; e outra na Casa das Artes Villa Real, no bairro Zé Garoto, com uma arte abstrata ligando as quatro grandes criações realizadas na cidade. Ele já assina a primeira criação da série, que fica no Centro de Convivência Socioambiental da Mata Atlântica, localizado na Área de Proteção Ambiental Estâncias de Pendotiba, em Maria Paula, para onde o artista trouxe sua obra Eco X Ego no início de outubro.

O Teatro Municipal George Savalla Gomes, batizado em homenagem ao saudoso Palhaço Carequinha, foi inaugurado em agosto deste ano, mas se manteve fechado ao público devido à pandemia do novo coronavírus. Com 240 lugares, divididos entre plateia e mezanino, o local vai oferecer acessibilidade e estrutura profissional para apresentações musicais, de dança e teatro. O equipamento cultural fica ao lado da Prefeitura de São Gonçalo, na Rua Dr. Feliciano Sodré nº 100, no Centro. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × 4 =