Suspeitos são mortos após entrarem em confronto com a PM

Dois homens morreram ontem (29) após se envolverem em trocas de tiros com policiais militares em Itaboraí e São Gonçalo. De acordo com as informações fornecidas pelas unidades de segurança, o primeiro suspeito foi baleado em um carro roubado durante um patrulhamento de agentes do 35º Batalhão (Itaboraí) à noite, no bairro de Ampliação, e o segundo em uma ação de combate ao crime organizado realizada por agentes do 12º Batalhão (Niterói) na comunidade da Galinha, no bairro do Cantagalo, respectivamente. De acordo com os policiais, além do carro recuperado em Itaboraí, foi apreendido em Niterói um revólver e um radiotransmissor.

Policias do 35º BPM (Itaboraí) estavam em Itaboraí, quando por volta das 20h 20 puderam ver o carro, roubado no último sábado na mesma cidade, e dar início a um cerco policial. Durante a tentativa de folga dos suspeitos, os policias contam que houve confronto depois de a equipe ter sido atacada por disparos feitos pelos ocupantes do carro. A troca de tiros terminou na Rua Tiradentes, em Ampliação. Um suspeitos correu e permaneceu no veículo apenas o baleado que chegou a ser levado para o Hospital Municipal Doutor Leal Júnior (HMDLJ), porém não resistiu ao ferimento e morreu. A ocorrência foi apresentada na 71ª DP (Itaboraí).

Durante à tarde do mesmo dia, policiais do 12º (Niterói) receberam uma denúncia sobre criminosos guardarem armas e drogas próximo a um cemitério, no bairro do Cantagalo, em Niterói. Segundo os policiais, na Rua Frei Orlando foram encontrados cinco suspeitos armados, que ao perceberem a presença da equipe, dispararam contra a guarnição e teve início a troca de tiros que resultou na morte de Diego da Silva Oliveira, de 30 anos, e a apreensão do revólver e do rádio transmissor. O restante do grupo armado conseguiu escapar. O Corpo de Bombeiros foi acionado e confirmou a morte do suspeito baleado.

De acordo com a polícia militar, Diego possuía antecedentes criminais por tráfico, porte ilegal de arma de fogo, receptação e dano. A ocorrência foi registrada na Delegacia de Homicídios de Niteroi (DHNSG).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + treze =