Suspeita de mandar matar a irmã e familiares é levada para DH

Chegou no fim da manhã desta quarta-feira (15) a Delegacia de Homicídios, Simone Gonçalves de Resende, de 47 anos, apontada pela Polícia como a mandante do assassinato da irmã, sobrinha e cunhado em São Gonçalo, no último dia 17. Simone foi localizada no Espírito Santo, onde estava escondida desde o início do mês. A mulher recebeu ajuda de um amigo taxista para conseguir fugir do estado, mas o homem também já foi localizado e detido.

Simone Gonçalves de Resende (10)

“Ela mudou o visual, cortou e pintou o cabelo, para não ser reconhecida. Ela estava em uma casa simples com apenas um colchão. Simone estava recebendo ajuda de um amigo, Marcelo Brito Rangel”, explicou o delegado titular da Divisão de Homicídios, Fábio Barucke. O taxista Marcelo Brito Rangel foi detido nesta quinta, pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Campos, quando retornava do Espírito Santo.

Apenas Gabriel Botrel de Araújo Miranda, de 19 anos, permanece foragido. Os demais envolvidos no crime os filhos gêmeos de Simone, Matheus e Lucas Resende Khalil, de 23 anos e Diego Moreira da Cunha, 23 permanecem presos na delegacias de homicídios.

A execução aconteceu na madrugada do dia 17 de fevereiro, quando dois homens invadiram e assassinaram a sangue frio, Soraya Gonçalves, de 37 anos, seu marido Wagner Salgado, de 47 e a filha do casal, Geovanna Resende, de apenas 9 anos enquanto dormiam. A investigação aponta, que a disputa por uma herança teria sido a motivação do crime.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *