Surfista Carlos Burle bate cabeça em pedra surfando em Niterói

O surfista pernanbucano Carlos Burle se acidentou durante uma sessão de surfe na Ilha Mãe, nos arredores da Baía de Guanabara, em Niterói, no Rio de Janeiro e foi parar no hospital, no último domingo.

Segundo informações, com a ressaca que chegou à região Sudeste ondas de dois metros deixaram o mar violento. Burle tomou uma onda que o levou a bater a cabeça e as costas nas pedras e perdeu os sentidos. O surfista de 51 anos sofreu um grande corte na cabeça, foi socorrido sangrando, e foi parar no hospital onde levaou pontos.

Além do susto, Burle também ficou com arranhões nas costas. Sorte que ele usava a roupa de borracha e um colete salva-vidas. De acordo com ele nas redes sociais, foi o maior susto de sua carreira.
“Foi logo na primeira onda. Fui de cabeça na pedra. Apaguei. Perdi os sentidos. E voltei. Coloquei a mão na cabeça e senti um buraco. Vi que era sério. Tinha um time, pessoal acostumado com isso. Tinha um carro na praia também, perto da Ilha Mãe. Fomos para o carro e para o hospital. Tomei os pontos, saiu um pouco da escalpa. Mas graças a Deus foi só essa parte do couro cabeludo. E arranhões nas costas. Mesmo com a roupa de borracha e o colete por cima. Foi um trauma físico e emocional muito grande. Quando você visita a morte você tem outros pensamentos. Fica emocional”, explicou Burle.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × um =