STF suspende nomeação de Ramagem para diretoria-geral da Polícia Federal

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal, suspendeu a nomeação de Alexandre Ramagem para a diretoria-geral da Polícia Federal. O presidente Jair Bolsonaro havia nomeado Ramagem para o lugar de Maurício Valeixo, o que levou ao pedido de demissão do ministro da Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro, na semana passada.

Ramagem, que é amigo da família Bolsonaro, e segundo especialistas dificultaria as investigações da Polícia Federal sobre envolvimento dos filhos de Bolsonaro no esquema de “rachadinhas” e até denúncias de financiamento de imóveis na malícia na Zona Oeste do Rio.

. “Diante de todo o exposto, nos termos do artigo 7º, inciso III da Lei 12.016/2016, DEFIRO A MEDIDA LIMINAR para suspender a eficácia do Decreto de 27/4/2020 (DOU de 28/4/2020, Seção 2, p. 1) no que se refere à nomeação e posse de Alexandre Ramagem Rodrigues para o cargo de Diretor-Geral da Polícia Federal”, diz trecho do despacho do ministro Alexandre de Moraes.

Em apuração…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *