Sputnik V tem eficácia de 94,3% e segurança no Bahrein, diz fundo russo

Um estudo apontou que a vacina russa contra a covid-19, Sputnik V, é segura e 94,3% eficaz. A informação foi divulgada hoje pelo Fundo Russo de Investimento Direto (RDIF), responsável pela comercialização do imunizante.

De acordo com a organização, os dados do ministério da Saúde do país Bahrein foram obtidos a partir de um estudo realizado localmente, seguindo as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), e com participação de mais de 5 mil pessoas.

A eficácia de 94,3% é garantida 14 dias após a 2ª dose. Além disso, 98,6% dos casos de covid-19 registrados duas semanas após a aplicação da segunda dose da vacina foram leves. Os dados analisados foram recolhidos de fevereiro ao início de maio deste ano.

“A Sputnik V demonstra eficácia de 94,3% e elevados indicadores de segurança, o que confirma as estatísticas obtidas em vários outros países. A vacina russa é uma parte importante do portfólio nacional diversificado do Bahrein. O uso da Sputnik V está dando uma contribuição significativa para reduzir o número de novos casos de coronavírus, retomar a atividade econômica e retornar à vida normal”, disse Kirill Dmitriev, CEO do RDIF, em comunicado divulgado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

nove + 10 =