Sociedade Fluminense de Fotografia inaugura exposição

A Sociedade Fluminense de Fotografia (SFF) abre neste sábado (21), às 15h, a mostra fotográfica Através do Olhar que reúne 72 fotografias produzidas por quatro fotógrafas negras, moradoras da zona oeste da cidade do Rio de Janeiro. A exposição fica em cartaz até o final de junho na Galeria Octávio do Prado da SFF, com visitação gratuita.  

As fotógrafas que fazem parte da mostra circulam por bairros, comunidades, arredores da zona oeste do Rio e também de cidades do interior documentando as diversas manifestações e tradições populares. Enquanto Aparecida Silva e Thaís Alvarenga produzem uma memória afetiva do lugar onde vivem, registrando a paisagem urbana e os modos como os grupos se apropriam dos seus lugares, Fernanda Dias e Valda Nogueira documentam os saberes e práticas culturais e religiosas de comunidades tradicionais espalhadas pelo Brasil.  São fotografias em diversos formatos em cores e preto e branco.

“Convidamos as fotógrafas Aparecida Silva, Fernanda Dias, Thaís Alvarenga e Valda Nogueira para expor em Niterói, sob a curadoria da também fotógrafa Thaís Rocha. Além da visitação aberta ao público, realizaremos visitas comentadas e rodas de conversas com as autoras e convidados gerando um debate e uma reflexão sobre o trabalho delas que fala muito sobre memória, identidade, tradições e manifestações de comunidades tradicionais espalhadas pelo país como quilombolas, indígenas, catingueiros e pescadores”, explica Antonio Machado, presidente da SFF.

A Sociedade Fluminense de Fotografia fica na Rua Doutor Celestino, 115 no Centro de Niterói. A mostra pode ser visitada de segunda a sexta feira de 10h às 17h30m sábados de 9h às 13h.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.