Sobe para 17 número de presos durante segundo turno no Estado

O número de presos por delitos eleitorais no estado do Rio de Janeiro subiu para 17 no balanço divulgado pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), às 15 horas de domingo (30). Outras 16 pessoas se envolveram em ocorrências, mas não chegaram a ser detidas.

Segundo a diretora-geral do TRE-RJ, Adriana Brandão, o principal motivo das detenções é a prática de boca de urna.

A maior parte das prisões foi na Baixada fluminense. Cinco pessoas foram presas em Belford Roxo e três em Duque de Caxias.

A ocorrência com mais prisões foi em Petrópolis, na região serrana, com seis detidos. Na capital, três pessoas foram presas.

Até o início da tarde de hoje, 519 urnas de um total de 90.532 foram substituídas em todo o Brasil. O número representa 0,56% dos equipamentos que precisaram ser trocados por problemas técnicos. No Rio de Janeiro, o número de urnas substituídas foi 191, sendo 32 na cidade de Niterói.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 + 19 =