Só entrará em Niterói morador ou quem exerce atividade essencial

A Prefeitura de Niterói vai bloquear mais ainda a restrição da circulação com municípios vizinhos a partir desta quinta-feira (23) nas barreiras sanitárias, disse o prefeito Rodrigo Neves (PDT) em sua tradicional live de atualização dos números do Covid-19. A medida valerá até 02 de maio. Segundo o secretário de Ordem Pública, coronel Paulo Henrique, só vai entrar na cidade quem comprovar moradia, que exerce atividade essencial em Niterói, os serviços de advocacia, imprensa, bem como os trabalhadores cujas atividades não tenham sido suspensas nem pelo Município de Niterói, nem pelo Estado do Rio de Janeiro, ou por força de decisão judicial. Outra medida anunciada e que também passa a valer é a obrigatoriedade do uso de máscaras na cidade.

Paulo Henrique disse que, a partir de hoje haverá novas regras relacionadas a restrição de circulação em relação aos municípios vizinhos. “Durante alguns dias teremos uma a abordagem mais intensa aos veículos que acessam a cidade. Inicialmente vamos orientar para que o cidadão deva portar esses documentos para no futuro ampliar essa triagem. Portanto, se você tiver pensando em entrar ou sair de Niterói não esqueça de andar com um comprovante de endereço e com um documento que comprove o vínculo empregatício para não ser barrado”, orientou o secretário.

Sobre a obrigatoriedade do uso das máscaras Paulo Henrique disse que quem for pego sem o acessório não sofrerá punição em caso de descumprimento, mas haverá advertências das forças públicas que doarão as máscaras para for pego sem. “Contaremos com os agentes de segurança pública neste trabalho e orientação e conscientização da população sobre o uso da máscara. É importante destacar que o uso é um hábito que teremos que incorporar, mesmo quando retomarmos a atividade econômica da cidade. A máscara evita que você transmita o vírus e também protege caso alguém esteja com vírus próximo”, disse. Até ontem foram distribuídas 500 mil máscaras, com previsão de um milhão, isto é, duas por moradores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + seis =