Sindicato pede rigor na apuração de atentado contra jornalista

O jornalista e ex-secretário de Comunicação de Magé, Vinicius Lourenço, sofreu um atentado na madrugada da última terça-feira (17) quando seu veículo foi alvejado por quatro tiros. O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro emitiu uma nota repudiando atos criminosos e atentados contra jornalistas na cidade de Magé. Na semana passada, o blogueiro Eduardo Cezar de Brito Pereira teve seu carro incendiado.

“O Sindicato repudia qualquer violência, ameaça, agressão, tentativas de desqualificação do Jornalismo, manifestações truculentas e abomináveis práticas contra a liberdade de Imprensa e de expressão, num claro atentado à Democracia”, diz a nota.

Na nota, diante dos graves atentados ocorridos no interior do Estado do Rio de Janeiro, Mario Sousa, o presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro solicitou rigorosa providência das autoridades estaduais e municipais e, que pediu que tomem medidas cabíveis no sentido de punir os responsáveis por estes atos criminosos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + dezoito =