Setor de supermercados aposta em alta nas vendas para Natal

A proximidade do Natal está aquecendo as vendas e a Associação Brasileira de Supermercados (Abras) aponta que o setor está otimista para o Natal de 2021. A mostra aponta que 52% dos empresários acreditam que as vendas serão melhores do que no ano passado, já 39% acreditam que as vendas serão no mesmo patamar que 2020. Em Niterói o movimento nos mercados ainda é baixo e os estabelecimentos ainda estão preparando os estoques com produtos tradicionais nessa época do ano.

O frango está mais presente na ceia dos brasileiros e representa 17,9% seguido do pernil com 16,8%, lombo com 16,6%, carne bovina com 15,4%, peixes com 14,6%, peru em 13,3% das ceias, bacalhau com 12,5%, chester estará em 12,3% e tender em 10,4%.

Já em relação as bebidas as cervejas serão primeira opção de escolha nas compras para a ceia de Natal com 16%. Os destilados ficam com 14,1%, espumantes e frisantes com 14,5%, refrigerantes representam 14,3% e vinhos nacionais com 13,8%.

Para a ABRAS, as medidas socioeconômicas por meio de programas sociais de transferência de renda e de manutenção do emprego adotadas pelo governo federal favoreceram o resultado positivo até setembro. Ainda de acordo com a associação, apesar do registro de baixa no consumo de agosto para setembro, o setor se mantém otimista.

A dica para economizar é antecipar as compras. “A aproximação do fim do ano traz possibilidades vantajosas para os consumidores, em função de importantes temporadas de vendas, como a Black Friday e o Natal. Essa é a hora de pesquisar, ficar atento às ofertas, promoções e programas de fidelização que ofereçam descontos ainda maiores, ou seja, agora é a hora de praticar os 2 ‘ps’: pesquisar e pechinchar”, contou Marcio Milan, vice-presidente da Abras.

É justamente o que a técnica em enfermagem Joice Luís, 52 anos, pretende fazer. “Eu já comecei a procurar preço de alguns produtos. Já estou comprando pequenas coisas, como azeite, panetone e algumas frutas cristalizadas e nozes. Isso tudo está com preço baixo ainda. Ainda pretendo comprar as carnes e o bacalhau para o Natal. Assim que tiver uma promoção eu já vou garantir. Quando iniciar dezembro os valores com certeza vão subir”, finalizou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze + 17 =