Sesc RJ cede suas unidades ao Governo do Estado para o combate ao novo coronavírus

O presidente da Fecomércio RJ, Antonio Florencio de Queiroz Junior, colocou à disposição do Governo do Estado a estrutura física das 21 unidades do Sesc RJ para o combate ao novo coronavírus. A utilização dos espaços – presentes em todas as regiões do estado – ficará a critério do governador Wilson Witzel e das autoridades. Entre as estruturas há desde salas de aula até ginásios e campos de futebol.

As unidades de Sesc RJ – assim como as do Senac RJ – estão fechadas desde o dia 13 de março, quando as primeira medidas de isolamento social foram tomadas pelos governos municipal e estadual. Desde estão os colaboradores da instituição trabalham em regime de escala ou home office, sendo que esta última modalidade predominou nos últimos dias em razão do recrudescimento das medidas contra a propagação do vírus.

Essa é mais uma das ações do Sistema Fecomércio do Rio de Janeiro na mobilização contra a pandemia e para mitigar os seus impactos sociais. Além da sua atuação junto aos órgãos de governo com o objetivo de preservar a atividade econômica e, por consequência, os empregos nesse período de crise, a Fecomércio-RJ, que representa o setor de comércio de bens, serviços e turismo no estado, adaptou a atuação de Sesc e Senac fazendo com que seus serviços cheguem à sociedade fluminense mesmo com as restrições impostas pelo isolamento social. Confira outras ações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez + 17 =