SES reforça campanha contra febre amarela e dá início ao fracionamento

A Secretaria de Estado de Saúde, seguindo as diretrizes do Ministério da Saúde, dá início hoje (25) à Campanha de Fracionamento das doses de vacina contra febre amarela. A ação visa imunizar 15 municípios da Região Metropolitana. Fazem parte da campanha de fracionamento as cidades de Belford Roxo, Duque de Caxias, Itaboraí, Itaguaí, Japeri, Magé, Mesquita, Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, Queimados, Rio de Janeiro, São Gonçalo, São João de Meriti e Seropédica. Nos demais municípios do estado serão aplicadas doses padrão da vacina.
 
No próximo sábado (27), a Secretaria de Estado de Saúde vai realizar o Dia D em todo o estado, das 8h às 17h. Além dos postos de saúde municipais, a ação contará com apoio de 29 UPAs do estado, dez unidades hospitalares da rede estadual, oito tendas montadas pela SES, 30 quartéis do Corpo de Bombeiros Militar e cinco unidades da Polícia Militar. Durante o Dia D, apenas os 15 municípios que fazem parte da campanha de fracionamento aplicarão doses fracionadas, o restante do estado trabalhará com a dose padrão.
 
Em janeiro de 2017, a Secretaria de Estado de Saúde adotou medidas preventivas e, antes mesmo de registrar os primeiros casos de febre amarela no território fluminense, iniciou a criação de cinturões de bloqueio, recomendando a vacinação contra a doença, principalmente em municípios de divisa com Espírito Santo e Minas Gerais (áreas de risco para a doença na época). Desde julho do ano passado, todos os 92 municípios do estado foram incluídos na área de recomendação da vacina e receberam doses para imunizar a população.

Fila na rede particular

Em Niterói a morte de um macaco de febre amarela, na Zona Norte da cidade, fez a procura pela vacina contra a febre amarela, nos postos de saúde, aumentar. E na rede privada de saúde a dose única do medicamento está esgotada. Algumas clínicas particulares estão montando até fila de espera para quando a vacina chegar. A aplicação custa de R$ 135 até R$ 200 dependendo do bairro, enquanto na rede pública, somente no município de Niterói, 49 pontos de imunização estão disponíveis para a população.

O enfermeiro da Vacinar de Icaraí, disse que a procura pela vacina contra a febre amarela está grande e tem uns 10 dias que as doses, vendidas por R$ 200 cada, acabaram. “Não temos previsão de quando vai chegar e na unidade de São Gonçalo aconteceu o mesmo. A população está procurando se imunizar”, comentou o enfermeiro Daniel Hassner. Na Viva Imune, no Centro, a dose estava sendo vendida por R$ 180, na Alergo Ar, também no Centro, por R$ 190 e na Byo, em Icaraí, a imunização custava R$ 135. Esse último lugar está aceitando um cadastro pelo site onde está se formando uma fila de espera.

Já quem quer economizar essa grana a Prefeitura de Niterói disponibilizou mais onze novas salas de vacinação e agora o município possui 49 pontos com a imunização. Segundo nota todos os módulos do Programa Médico de Família, Unidades Básicas de Saúde e Policlínicas estão fazendo o atendimento.

Quem deverá tomar a dose fracionada:
– pessoas maiores de 2 anos até 59 anos não vacinadas;
– mulheres não vacinadas que estejam amamentando crianças maiores de 6 meses;
– pessoas com mais de 60 não vacinadas, após avaliação de serviço de saúde.
 
Quem continuará tomando a dose padrão:
– crianças de 9 meses a menores de dois anos;
– pessoas com condições clínicas especiais (vivendo com HIV/Aids, ao final do tratamento de quimioterapia, pacientes com doenças hematológicas, entre outras);
– gestantes;
– viajante internacional (devem apresentar comprovante de viagem no ato da vacinação).
 
*Para os doadores de sangue, a doação deve ser feita antes da vacinação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − 11 =