Senador Romário e oito prefeitos se filiaram ao PL

O Partido Liberal (PL) do Rio de Janeiro ganhou novos filiados de peso na quinta-feira (8). O principal nome a assinar a ficha de filiação foi o senador da República Romário Farias, de 55 anos, que deixou o Podemos para ingressar no partido do deputado federal Altineu Côrtes, presidente estadual da legenda.

“Sou candidatíssimo à reeleição ao Senado. Se fiz bonito em um partido pequeno, imagina em um partido grande. Os meus gols na política serão muito mais bonitos”, disse no momento da assinatura da ficha de filiação.

O senador tinha anunciado sua filiação em março, se dizendo insatisfeito com algumas decisões do Podemos nas eleições à presidência da casa no início do ano. Assim, a articulação para sua filiação foi feita pelo presidente nacional do partido, Valdemar da Costa Neto, e por Côrtes, presidente estadual da legenda no Rio de Janeiro.

Além do senador Romário, oito prefeitos de cidades do Estado também ingressaram na legenda, como: Alexandre Martins, de Búzios, que deixou o Republicanos; Marcelo Magno, de Arraial do Cabo, que deixou o Solidariedade; Gutinho, de Areal, que deixou o Rede; Rodrigo Medeiros, de Tanguá, que deixou o PP; Ramon, de Casimiro de Abreu, que estava no Cidadania; e ainda os oriundos do PSC André Português, prefeito de Miguel Pereira; Professor José Osmar, de Rio Claro; e Leonan, de Cordeiro.

O partido já possuía outros nove prefeitos, sendo eles: Paulo Barros, de Bom Jardim; Marcelo Delaroli, de Itaboraí; Netinho do Dinésio, de Laje do Muriaé; Bruno Boaretto, de Macuco; Jorge Miranda, de Mesquita; Lucimar do Dr. Flávio, Paracambi; Clementino da Conceição. De Santa Maria Madalena; Joa, de Três Rios; além de Capitão Nelson Ruas, de São Gonçalo, que já havia deixado anteriormente o Avante, partido pelo qual se elegeu, para ingressar no PL.

Marcelo Almeida

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dez − oito =