Semana Nacional do Trânsito conta com voluntários de diferentes setores

Na manhã desta quarta-feira (18), 135 pessoas se reuniram no auditório da NitTrans, no Centro de Niterói, para celebrar a cerimônia oficial de abertura da Semana Nacional do Trânsito. Boa parte destas pessoas participa voluntariamente da realização dos eventos, que contam com a participação de funcionários de órgãos públicos de todas as áreas de atuação, da Educação à Segurança Pública, da Cultura ao Urbanismo, passando por empresas privadas do setor viário, empresas do setor de comércio e serviços e instituições como a Ordem dos Advogados do Brasil e a Universidade Federal Fluminense.

A programação da sétima edição da ‘Virada da Mobilidade’, forma como é chamada a série de eventos relacionados ao tema durante a semana, teve início na segunda-feira, dia 16, e segue até o dia 27, com 53 ações agendadas. Entre os participantes estão representantes da Associação Niteroiense dos Deficientes Físicos (Andef), que realizam atividades de conscientização na cidade e que ao encerramento da cerimônia oficial realizaram apresentação de dança em cadeira de rodas.

“Participar da construção desta agenda de conscientização nos traz a certeza de estarmos no caminho para um trânsito melhor para todos. Por isso estamos aqui dançando e também nas ruas sensibilizando a população”, diz a coreógrafa do grupo Corpo em Movimento, Camila Rodrigues.

O presidente da NitTrans, Coronel Paulo Afonso Cunha, agradeceu a participação de todas as instituições envolvidas na preparação dos eventos e reforçou o sentido da celebração: “Todos nos estamos aqui reunidos com o objetivo de conscientizar a sociedade, com vistas à absorção de valores que contribuam para a criação de um ambiente no trânsito que seja favorável à adoção de posturas e atitudes que garantam a segurança de todos”.

Cunha lembrou ainda as prioridades apontadas pelo Código de Trânsito Brasileiro na gestão da mobilidade: “O artigo primeiro, parágrafo quinto do CTB nos ensina que os órgãos e entidades de trânsito darão prioridade em suas ações à defesa da vida, a preservação da saúde e do meio ambiente”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *