Sem torcida, Vasco vence o Nova Iguaçu e se reabilita no Carioca

Na segunda partida com portões fechados em São Januário por conta da eleição do clube, o Vasco venceu o Nova Iguaçu por 4 a 2, neste domingo. Com o resultado, os cruzmaltinos chegam a três pontos e conquistam seus primeiros pontos no Campeonato Carioca. Já o Nova Iguaçu não faz bom início e segue com apenas um tento.

O Vasco começou bem a partida e foi para o intervalo com boa vantagem no placar após gols de Evander e Andrés Rios. Na etapa final o Nova Iguaçu melhor e chegou a empatar com Murilo Henrique e Bruno Smith. Só que os donos da casa aproveitaram das falhas do adversário e conquistou a vitória após gols de Yago Pikachu e Andrey.

Na próxima rodada, o Vasco terá pela frente a Cabofriense, nesta quarta-feira, no Raulino de Oliveira. No dia seguinte, o Nova Iguaçu vai receber o Volta Redonda, no Laranjão, na Baixada Fluminense.
O jogo

A partida começou com o Vasco buscando o ataque, mas foio Nova Iguaçu que teve a primeira boa chance de gol, aos oito minutos. Adriano arriscou de longe e obrigou Martín Silva. Afazer grande defesa. Depois o goleiro cruzmaltino salvou os donos da casa novamente quando impediu a finalização do atacante.

O Vasco só conseguiu levar perigo aos 14 minutos. Paulinho arriscou de fora da área e quase acertou o gol. No entanto, dois minutos depois, os cruzmaltinos abriram o placar em São Januário. Henrique cruzou pela esquerda e Evander cabeceou para a rede.

O gol deu tranquilidade aos vascaínos, que passaram a dominar a partida. Os donos da casa quase marcaram aos 22 minutos, em falta cobrada por Wagner. Só que aos 29, os cruzmaltinos chegaram ao segundo gol. Novamente Henrique pela esquerda cruzou, mas desta vez para Andrés Rios desviar de cabeça para a rede.

Após o segundo gol, o Vasco diminuiu o ritmo. Com isso, o Nova Iguaçu cresceu e passou a chegar com facilidade ao ataque. Primeiro, Lucas recebeu na área, mas finalizou para fora. Depois, aos 36 minutos, Murilo Henrique cabeceou sozinho e viu Martín Silva fazer grande defesa. Nos minutos finais, a equipe da Baixada Fluminense tentou diminuir a desvantagem, mas foi para o intervalo sem mexer as redes.

No segundo tempo, a partida iniciou equilibrada, com as duas equipes voltadas ao ataque. No entanto, as defesas levavam vantagem e os lances de perigo praticamente não aconteciam. O Nova Iguaçu assustou aos 12 minutos, em falta cobrada por Adriano que parou em boa defesa de Martín Silva.

Só que aos 16 minutos, em mais um lance de bola parada, o Nova Iguaçu marcou seu primeiro gol. Após cobrança de escanteio, Murilo Henrique cabeceou sozinho para a rede.

O revés fez o Vasco cortar na partida. No entanto, após período de domínio cruzmaltino, o Nova Iguaçu conseguiu reequilibrar o jogo e quase empatou aos 32 minutos. Adriano roubou a bola de Rafael Galhardo e chutou de longe para boa defesa de Martín Silva.

Os visitantes souberam aproveitar a perda de rendimento do Vasco para empatar, aos 35 minutos. Bruno Smith aproveitou cruzamento para cabecear para o gol.

Quando parecia que o Vasco estava ameaçado no jogo, os cruzmaltinos chegaram ao terceiro gol. Andrey roubou a bola e tocou para Yago Pikachu. O lateral entrou na área e tocou na saída de Jefferson.

Nos minutos finais, os cruzmaltinos ainda chegaram ao quatro gol, com Andrey, que aproveitou cobrança de escanteio, para dar números finais em São Januário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *