Sem repasse do Estado, Abrigo Cristo Redentor está para fechar

Anderson Carvalho –

Mais uma vítima da crise econômica que assola o Estado do Rio de Janeiro, o Abrigo Cristo Redentor, em São Gonçalo, que abriga 243 idosos, corre o risco de fechar. Está com dívidas nas farmácias, bancos, ameaça de corte de luz e com os salários dos funcionários atrasados (o último pago foi referente ao mês de agosto). Está há 21 meses sem receber o repasse do Governo do Estado e este lhe deve R$ 1,6 milhão. O abrigo espera receber pelo menos uma parte disso até o fim de dezembro. Ontem de manhã, a instituição recebeu a visita do diretor de Assistência Especializada da Fundação Leão XIII, Pablo Rodrigues Guedes, esteve na instituição e viu de perto o desespero dos diretores para alimentar e cuidar dos 243 abrigados.

“Estamos em uma situação desesperadora. Servimos o almoço hoje já pensando no de amanhã. Fomos até a Fundação Leão XIII cobrar uma solução. Fizemos uma proposta para recebermos em parcelas ou eles terão que transferir os abrigados para outra instituição. Não podemos mais viver nesta situação”, garantiu o presidente do abrigo, Josias Ávila.

No refeitório, enquanto os idosos almoçavam – arroz, feijão, isca de fígado, purê de batata e salada de alface e cenoura -, o técnico da Fundação Leão XIII era informado da real situação da instituição. “A maior parte dos alimentos vem de doação da população e de empresas da cidade. A população de São Gonçalo, Niterói e de outras cidades tem atendido aos nossos apelos e diariamente vem ao abrigo com doações, assim como participam dos nossos almoços beneficentes. Só temos a agradecer pela solidariedade”, disse o diretor da instituição, Milton Vieira.

Em janeiro, a Prefeitura de São Gonçalo renovou o convênio com a instituição e ainda quitou o débito de R$ 86.680,25 referentes ao ano passado. “O Abrigo do Cristo Redentor realiza um amplo trabalho de assistência aos idosos. Atualmente, o município custeia a permanência de 54 idosos no local, com um custo equivalente a R$ 75 mil por mês”, lembrou o secretário municipal de Desenvolvimento Social, Marlos Costa.

Procurada, a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia, Inovação e Desenvolvimento Social informou que não está medindo esforços para garantir as condições de funcionamento das entidades conveniadas. A assinatura do acordo de recuperação fiscal com o governo federal permitirá que, muito em breve, a pasta trabalhe na normalização das ações prestadas.

O abrigo fica na Rua Nilo Peçanha, no bairro Estrela do Norte. As doações de alimentos e materiais de higiene pessoal e de limpeza podem ser enviadas diariamente na instituição. O próximo almoço beneficente será realizado no dia 29. O convite custa R$ 25. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 2712-7620.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro × três =