Selo Pet Friendly chega a hotéis e pousadas de Visconde de Mauá, Itatiaia e Penedo

Donos de pets têm cada vez mais opções de locais para passearem e se hospedarem com seus animais no Rio de Janeiro. Pousadas e hotéis do Sul Fluminense já receberam o selo Pet Friendly e, ao todo, nove estabelecimentos de Itatiaia, Visconde de Mauá e Penedo já aderiam ao programa da Subsecretaria de Proteção e Bem Estar animal (RJPET). Rio de Janeiro já conta com 64 hotéis, 31 bares e restaurantes e cerca de 500 lojas com a certificação.

A empresária Leda Maria Fernandes, da Pousada Moria, em Visconde de Mauá, disse que solicitou o selo, pois a vontade já era antiga. “Em certa ocasião, meu filho precisou viajar e não pode se hospedar pois o hotel não aceitava pets. Ele teve um grande transtorno por conta disso. Resolvemos, então, mudar a realidade da nossa pousada para que nossos hóspedes não tivessem que passar por situações semelhantes”, explicou Leda. “Ter o prazer de receber essas criaturas maravilhosas aqui, ter contato com eles e proporcionar a liberdade que normalmente eles não têm, por morarem em metrópoles, é maravilhoso. Além da interação que alguns deles tem com a natureza”, completou.

Quem não perdeu tempo foi a funcionária pública Zenilha Nunes Maria, que já aproveitou o friozinho do fim de semana, e se hospedou na pousada em Visconde de Mauá com a família e o cachorrinho Digdin. “Nada melhor que poder sair pra descansar e estar perto dos nossos bichos. Já tive experiências muito ruins, onde cheguei a cancelar minha viagem porque o local não aceitava pets. Essa iniciativa do governo é simplesmente maravilhosa, pois, antes de decidir o destino, podemos, através de um site, consultar os locais que são pet friendly”, opinou.

Segundo a Secretaria de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, responsável pelas políticas públicas da Subsecretaria de Proteção e Defesa dos Animais (RJPET), o selo cumpre um papel importante para o turismo fluminense. “O projeto tem como principal objetivo tornar o Estado do Rio de Janeiro uma referência mundial nas instituições de políticas para animais de estimação”, disse o secretário Marcelo Queiroz.

De acordo com a Subsecretaria Estadual de Proteção Animal, Camila Costa, o setor hoteleiro foi o primeiro a receber a certificação. Em seguida, bares, restaurantes e o comércio em geral. A ideia é expandir a iniciativa para outros setores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito + 3 =