Segurança Presente organiza ações de assistência social

No começo de setembro deste ano, a operação Segurança Presente inaugurou sua nova fase, agora sob gestão da Secretaria de Estado de Governo (Segov). Um dos compromissos firmados pela nova gestão foi atuar não apenas no policiamento ostensivo, mas também no quesito assistência social.

Após os primeiros dois meses e meio bem sucedidos com as ações de policiamento e indicadores estratégicos de criminalidade em queda, o Segurança Presente se organiza para dar o próximo passo. Hoje (19), o coordenador da operação, major da Polícia Militar Abrahão Clímaco, deverá se reunir com a equipe que irá levar adiante o trabalho de assistência social.

Além disso, Clímaco afirma que pretende fazer um trabalho integrado com a secretaria Municipal de Direitos Humanos, assim como o Conselho Tutelar. Também deverão ser realizados encontros com o titular da pasta, Raphael Costa, bem como conselheiros, a fim de alinhar o cronograma de apoio a pessoas em situação de rua e iniciar os trabalhos já na próxima semana,

“Vou receber as assistentes sociais hoje e estou vendo com o secretário Municipal de Direitos Humanos e conselheiros tutelares para a gente direcionar o trabalho de assistência para a população e crianças em situação de rua. A expectativa é fazer a reunião e colocar em prática até o final da semana que vem”, afirmou Clímaco.

Em julho deste ano, a situação delicada da população de rua foi tema de reportagem em A TRIBUNA. Foram contadas histórias de diferentes pessoas que vivem tendo de lidar com o frio e fome. Alguns deles precisam dormir se abrigando em marquises e pontos de ônibus, por exemplo. As ações de assistência social pretendem ajudar a diminuir as dificuldades vividas por essa parcela da população.

Indicadores

Niterói está comemorando os bons números no que diz respeito aos índices de criminalidade. De acordo com a plataforma ISPGeo, até o dia 16 deste mês, crimes de roubo de rua caíram em 34,8%; roubo de veículo em 53,6%; roubo de carga 83,3% e roubo a estabelecimento comercial em 91,2%. Os indicadores ainda serão consolidados ao final do mês e o comparativo é referente ao mesmo período, no ano anterior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 + dez =