Segunda fase do “Empresa Cidadã” contemplará empresas com até 40 funcionários

A Câmara de Vereadores aprovou, em segunda discussão, projeto de lei sobre a segunda etapa do Empresa Cidadã, programa em que o poder público municipal vai fazer o pagamento de um salário mínimo, nos meses de maio, junho e julho, para até nove empregados de empresas, entidades religiosas e organizações sindicais com alvará na cidade. Como contrapartida, as empresas se comprometem a não reduzir seu número de funcionários até outubro.
Nessa fase, serão contempladas empresas com até 40 funcionários. O cadastro para adesão ao programa será reaberto na próxima semana. Na primeira etapa apenas empresas com até 19 funcionários foram contempladas e mais de 8 mil vagas, das 10 mil ofertadas foram preenchidas. A expectativa da secretaria de fazenda Giovanna Victer, é que com a possibilidade de empresas com até 40 empregados sejam beneficiadas, todas as vagas restantes sejam preenchidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × quatro =