Sede da CLIN é atingida por tiros após confronto

Um tiroteio assustou funcionários da sede da Companhia de Limpeza de Niterói (CLIN), na noite dessa segunda-feira (14), localizada na Rua Indígena, em São Lourenço, região central de Niterói. Durante o confronto, entre policiais e bandidos, um militar do 12º BPM (Niterói) acabou baleado na mão.

Segundo informações da Polícia Civil, uma equipe do batalhão da PM, que realizava patrulhamento na via, desconfiou de uma multidão, que estava aglomerada em um ponto de moto táxi, em frente à CLIN. Antes que houvesse abordagem, um homem, que estava em uma moto, modelo Honda XRE, deixou a motocicleta no chão e atirou contra os militares.

Houve revide e, durante o confronto, um disparo feito pelos criminosos atingiu o cabo da pistola de um policial, ferindo, consequentemente, a mão do agente. Segundo informações do batalhão, o militar foi socorrido, medicado e, na própria noite de segunda-feira recebeu alta.

Ainda segundo a Polícia Civil, o criminoso que iniciou o confronto largou a moto e fugiu para dentro da comunidade do Boa Vista, que fica a poucos metros do local do confronto. Pelo menos quatro tiros acertaram a viatura dos policiais que, após a ocorrência, foi encaminhada para a perícia.

A motocicleta usada pelo criminoso foi retirada do local, ainda durante o tiroteio, por outros criminosos, impossibilitando a apreensão. Não houve registro de prisões ou apreensões. Testemunhas relataram que bandidos fugiram por dentro da sede da CLIN, no entanto a PM e a Civil não confirmam a informação. O caso foi registrado pela 76ª DP (Niterói).

CLIN CONFIRMA OCORRÊNCIA

A prefeitura de Niterói se manifestou sobre o ocorrido através de nota. “De acordo com a Clin, dois disparos atingiram as instalações da sede, mas nenhum funcionário foi ferido. Um tiro perfurou o portão de entrada de veículos e o outro atingiu a porta que dá acesso ao Departamento Jurídico. Não houve tentativa de fuga pela sede da Companhia”.

A Clin informa, ainda, “que o portão da sede permanece constantemente fechado como medida de segurança. A empresa mantém, diariamente, um esquema de medidas de segurança, que conta também com a manutenção do portão fechado ao fim do expediente, só sendo permitido acesso à sede com apresentação de crachá, ou identificação adesiva do carro com o símbolo da Clin”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 5 =