Secretaria de Educação desmente fakenews

A Secretaria Municipal de Educação de Niterói emitiu uma nota na quarta-feira (12) uma nota desmentindo uma fakenews que foi espalhada pelas redes sociais afirmando que o programa Renda Básica Temporária não seria mais pago mantido aos alunos que frequentam as aulas remotas e híbridas na Rede Municipal de Niterói. De acordo coma informação falsa, apenas as famílias dos alunos que optassem pelas aulas presenciais receberiam o benefício.

Em nota, a Secretaria reafirmou que todas as famílias com, pelo menos, um filho matriculado na Rede Municipal de Educação de Niterói e que não sejam contempladas por nenhum outro benefício social do município têm direito ao benefício, independente do formato de aulas escolhido. O cartão, com crédito no valor de R$ 500 mensais até julho de 2021, pode ser usado em farmácias e mercados.

Alunos matriculados este ano também têm direito ao cartão. A concessão do benefício é feita de maneira automática após análise interna dos dados das famílias pela FME. A análise ainda está em andamento justo aos órgãos fiscalizadores da Prefeitura de Niterói. Assim que o processo for finalizado, os cartões serão entregues às escolas e distribuídos em cada unidade. Os novos alunos terão direito aos valores depositados entre os meses de abril e julho.

Os beneficiários que não tiveram a recarga efetuada entre os dias 13 e 14 de abril por conta de mudanças no processo de matrícula, mas se enquadram nos requisitos básicos, devem solicitar a revisão por meio do formulário disponível na página oficial da Secretaria de Educação ou pelo link divulgado pelas redes sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 1 =