“Sarau das águas escondidas” no Solar do Jambeiro

No dia 20 de novembro, das 16h às 18h, vai acontecer, no Solar do Jambeiro, o projeto “Sarau das águas escondidas” – um movimento cultural, coletivo, que reúne artistas de segmentos diversos, como música, literatura, dança, teatro e artes visuais. A curadoria é do cantor Biafra e de Adriana Vaitsman e a apresentação de Gabriela Linhares.

O evento tem como objetivo principal a difusão da Cultura, por meio da amplificação das vozes dos diversos artistas, baseados na diversidade e na pluralidade de ideias. Este movimento cultural tem a proposta de apoiar diversos segmentos artísticos, valorizando os seus atores e mantendo-se como um ponto de discussão e de resistência política e social, através da arte.

“O sarau é algo informal e acontece no mês de aniversário de Niterói, que completa 448 anos no dia 22 de novembro. Então, vamos proporcionar ao público um momento único, onde diversas artes se unem, não apenas para entreter, mas para dar voz aos artistas, que têm o compromisso social de registrar a sua contemporaneidade, através do material que produzem”, explica Marcos Sabino, Presidente da Fundação de Arte de Niterói.

A entrada é gratuita e o Solar do Jambeiro fica na Rua Presidente Domiciano, 195 em São Domingos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 + sete =