Sarampo: primeiro dia de campanha tem pouco movimento

Raquel Morais –

Começou ontem a Campanha Nacional de Vacinação contra Pólio e o Sarampo em todo o Rio de Janeiro. A meta do Governo Federal é imunizar 11,2 milhões de crianças e atingir o marco de 95% de cobertura até o dia 31 de agosto, sendo dia 18 o esperado ‘Dia D’. Porém, nos postos de Niterói a procura no primeiro dia de campanha foi muito abaixo do esperado. Funcionários da saúde acreditam que o surto de sarampo no Norte do Brasil e a corrida aos postos nos últimos 15 dias fez a população se imunizar contra a doença antes do início da campanha.

Segundo informe oficial, crianças com idade entre 1 ano e menores de 5 devem ser levadas aos postos de saúde para receber a dose contra a pólio e também contra o sarampo. Este ano, a vacinação será feita de forma indiscriminada, ou seja, pretende imunizar todas as crianças na faixa etária estabelecida. Isso significa que mesmo as que já estão com esquema vacinal completo devem ser levadas aos postos de saúde para receber um reforço. No caso da pólio, crianças que não tomaram nenhuma dose ao longo da vida devem receber a VIP. As que já tomaram uma ou mais doses devem receber a VOP. E, para o sarampo, todas devem receber uma dose da tríplice viral (protege contra sarampo, rubéola e caxumba), desde que não tenham sido vacinadas nos últimos 30 dias.

Na Policlínica Regional Dr. Sérgio Arouca, no Vital Brazil, e na Policlínica Regional Carlos Antônio da Silva, no Centro, a procura foi muito baixa. Na manhã de ontem, por volta das 9h30min, menos de cinco pessoas aguardavam a dose em cada unidade de saúde. “As pessoas já se vacinaram contra o sarampo desde que os casos foram descobertos no mês passado. Isso fez o movimento cair. Hoje em dia os pais estão bem atentos ao calendário de vacinação e acabam respeitando o tempo certinho”, comentou uma enfermeira que não quis se identificar.

NITERÓI
A Prefeitura de Niterói informou em nota que a imunização está disponível em 54 salas de vacina localizadas nas Policlínicas Regionais, Unidades Básicas de Saúde e módulos do Programa Médico de Família, de segunda a sexta, de 8h às 17h. No sábado, dia 18, a Fundação Municipal de Saúde promove o Dia D de mobilização, com mais de 500 profissionais aplicando as doses nessas unidades. A meta do município é vacinar aproximadamente 25 mil crianças. É importante que os pais levem a Caderneta de Vacinação dos seus filhos para avaliação da situação vacinal.

SÃO GONÇALO

Mais de 70 salas de vacina foram abertas à população de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, e a meta é imunizar 95% do público-alvo, o equivalente a 44.109 crianças. “Nossa meta é diminuir a possibilidade de retorno da pólio e não deixar que o vírus do sarampo chegue em nossa cidade. A vacinação é a principal estratégia de contenção de qualquer surto de sarampo”, explicou o secretário de Saúde, Jefferson Antunes.

ITABORAÍ
As vacinas estão disponíveis nas 35 Unidades de Saúde da Família da cidade. Para se vacinar basta comparecer a uma das unidades com a carteirinha de vacinação, das 8h às 17h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *