São Gonçalo vai às urnas neste domingo para escolher o novo prefeito

Camilla Galeano

Neste domingo (29) acontece o segundo turno das eleições no município de São Gonçalo. De um lado o candidato petista que promete levar ônibus de graça para a população. Do outro lado, um candidato que, segundo ele, vai retirar as barricadas de todas as comunidades. Dimas Gadelha (PT) e Capitão Nelson (Avante), se enfrentam para saber quem vai comandar a cidade.

No primeiro turno Dimas ficou em primeiro lugar com 31,36% dos votos e o Capitão ficou em segundo, 22,82%. A campanha dos dois candidatos nesse segundo turno foi marcada por acusações de ambos os lados. Dimas foi acusado ter o apoio do prefeito de Maricá pois em troca vai vender a água de São Gonçalo para eles. O que o candidato afirmou ser mentira.

“É lamentável que o desespero tome conta de quem quer governar a cidade, mas não tem preparo para tal. Estão agindo de má fé e ainda fazem campanha irregular distribuindo fake news de que eu defendo ideologia de gênero, uma coisa absurda esse discurso”, afirmou Dimas.

Do outro lado, Capitão Nelson foi acusado de ter envolvimento com traficantes e milicianos que atuam no município. Ele também se diz alvo das fake news.

“Estão usando, covardemente, perfis falsos e robôs nas redes sociais para divulgar de forma massiva informações inverídicas e caluniosas sobre minha candidatura, com o claro objetivo de macular minha imagem pública e confundir a cabeça dos eleitores. Inúmeras vezes eu deixei minha família em casa para combater todo tipo de criminoso. Ando de cabeça erguida porque nunca fiz acordo com bandido, seja ele traficante ou corrupto. Pelo contrário, comigo sempre se deram mal”, disse.

Os eleitores que vão votar no domingo precisam ficar atentos ao horário de votação e aos protocolos de prevenção. Para reduzir a possibilidade de contágio, o uso de biometria para a eleição de 2020 foi descartado. Os eleitores podem ir das 7h às 17h (considerando o horário local), sendo das 7h às 10h o horário preferencial para pessoas com mais de 60 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × 5 =