São Gonçalo retoma nesta quinta-feira a vacinação de idosos

Mudanças foram feitas no Plano de Ação Municipal para garantir que trabalhadores da saúde com mais de 60 anos tenham prioridade, assim como a população idosa do município. Com isso, a vacinação desse grupo será retomada em São Gonçalo na quinta-feira (11).

São Gonçalo recebeu 8,2 mil doses da vacina CoronaVac na última terça-feira (9). A mesma quantidade dessa nova remessa de vacinas continua retida na Coordenação Geral de Armazenagem (CGA), no Barreto, em Niterói, e só será retirada em data a ser definida pelo Governo do Estado para aplicação da segunda dose.

A partir desta quinta-feira (11), poderão ser vacinados idosos com mais de 87 anos que apresentem documento de identidade e carteira de vacinação. Os profissionais de saúde com mais de 60 anos e que trabalham em hospitais poderão se vacinar se foram das seguintes áreas: enfermeiro, técnico e auxiliar de enfermagem, médico, fisioterapeuta, nutricionista, odontólogo, fonoaudiólogo, psicólogo, biólogo, farmacêutico, assistente social, biomédico e auxiliar e técnico de saúde bucal. Os idosos acamados que já são atendidos pelo Serviço de Atendimento Domiciliar (SAD) também serão vacinados.

A vacinação contra a covid-19 em São Gonçalo acontecerá nas seguintes unidades: polos sanitários Hélio Cruz, em Alcântara; Washington Luiz, no Zé Garoto; as clínicas gonçalenses do Mutondo e Dr. Zerbini, no Arsenal, e a Unidade Municipal de Pronto Atendimento (Umpa) de Nova Cidade. O Polo Sanitário Dr. Augusto Sena, em Rio do Ouro, deixará de aplicar a vacina contra a covid-19 por estar próximo de outra unidade que já presta o atendimento. As unidades estarão aplicando as vacinas de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, exceto no ponto facultativo do dia 15 de fevereiro e na terça-feira de Carnaval (dia 16 de fevereiro).

As vacinas CoronaVac que vão imunizar com a segunda dose os profissionais da saúde da linha de frente nos hospitais públicos e particulares da cidade já começaram a ser administradas, desde a última segunda-feira (8), nos locais de trabalho. Segundo Dr. André Vargas, funcionários e pessoas de Instituições de Longa Permanência (Ilpis) e pessoas de residências terapêuticas começaram a receber a segunda dose na quarta-feira (10).

Balanço – Até o fim da tarde de terça-feira (9), São Gonçalo vacinou 23.600 pessoas, sendo 21.726 trabalhadores da saúde, 437 idosos com mais de 90 anos, 1.370 funcionários e pessoas em Instituições de Longa Permanência (Ilpis) e 67 pessoas de residências terapêuticas.

Todos os profissionais da saúde serão contemplados com a vacinação. Entretanto, a ampliação da cobertura desse público será gradativa, conforme a disponibilidade de vacinas. Desde o início da campanha de vacinação contra covid-19, o município de São Gonçalo vem cumprindo o que determina o Plano Nacional de Imunização (PNI) do Ministério da Saúde, tanto na utilização e reserva das vacinas quanto no atendimento aos grupos prioritários.

Público-alvo e documentação solicitada

– Profissionais de saúde com mais de 60 anos que trabalham em hospitais de São Gonçalo e moram na cidade.

Documentos solicitados: identidade funcional, comprovante de trabalho em área hospitalar e carteira de vacinação.

– Profissionais de saúde com mais de 60 anos que trabalham em unidades hospitalares de São Gonçalo e que residem em outros municípios.

Documentos solicitados: identidade funcional, comprovante de trabalho em área hospitalar de São Gonçalo e carteira de vacinação.

– Profissionais de saúde com mais de 60 anos que trabalham em hospitais de outros municípios e residem em São Gonçalo.

Documentos solicitados: identidade funcional, comprovante de trabalho em área hospitalar, comprovante de residência de São Gonçalo e carteira de vacinação.

– Idosos com mais de 87 anos

Documentos solicitados: identidade e carteira de vacinação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − 6 =