São Gonçalo retoma atividades na Padaria Escola


A reformulação do Curso de Panificação da Padaria Escola saiu do forno por determinação do prefeito Capitão Nelson, que visa, com a medida, minimizar os impactos socioeconômicos enfrentados por São Gonçalo neste período pandêmico. A qualificação, que teve início em 2004, encerrou as atividades em 2014. A Prefeitura, por meio da Secretaria de Assistência Social, através da Subsecretaria de Proteção Social Básica, em parceria com o Programa Nacional de Promoção ao Acesso ao Mundo do Trabalho (Acessuas), do Governo Federal, traz de volta a proposta de qualificação profissional para facilitar a entrada no mercado de trabalho e a geração de emprego e renda.

A fornada municipal terá capacidade para formar 60 novos profissionais da área a cada três meses. A produção da escola irá abastecer as instituições de acolhimento infantil do município. O curso, que acontece no Cras de Vista Alegre, irá contemplar exclusivamente assistidos nas políticas de assistência do município, Atenção Básica e Especial, com idade a partir de 16 anos, através dos serviços e /ou programas: Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF) e Criança Feliz; Proteção e Atendimento Especializado à Famílias e Indivíduos (PAEFI) .

O curso tem uma carga horária de 40 horas e os alunos serão divididos em quatro turmas, com 15 alunos cada, com as aulas sendo ministradas às segundas e terças, das 9h às 12h e das 13h às 16h. A Padaria Escola irá capacitar os alunos para atuarem em toda linha de produção de uma panificação, com a confecção de pães, bolos, massa fina e outros, sob a batuta do professor Cláudio Márcio da Silva Marinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 − três =