São Gonçalo registrou mais tiroteios do que no Alemão

Augusto Aguiar –

O município de São Gonçalo teve mais tiroteios do que uma das áreas apontadas anteriormente mais perigosas e temidas do estado, o Complexo do Alemão, na Zona Norte do Rio. Os dados foram divulgados pelo aplicativo Fogo Cruzado. A totalização de confrontos em São Gonçalo apontou no primeiro semestre desse ano 217 registros de confrontos, contra 106 no Complexo do Alemão, ou seja, o conjunto de comunidades da Zona Norte do Rio teve menos da metade das notificações. Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, teve 102 notificações. O somatório desses confrontos deixou muitos mortos e feridos. Os bairros da Penha (Zona Norte), Cidade de Deus e Praça Seca (Zona Oeste), Copacabana (Zona Sul) e Tijuca (Zona Norte), completam a lista e a avaliação de janeiro a junho.

De acordo com o mapa explicativo do Fogo Cruzado/Anistia Internacional poucos são os bairros de São Gonçalo que não registraram trocas de tiros, com feridos ou mortos ao longo de 2017. Ainda segundo dados do aplicativo relacionados ao primeiro semestre, ocorreram 197 operações policiais durante o período, com o número de civis feridos totalizando 294, e 117 policiais feridos por tiros ou estilhaços. Vale lembrar que esse ano 86 policiais foram mortos no estado.

Maiores números de confrontos
São Gonçalo – 217
Complexo do Alemão – 106
Duque de Caxias – 102
Penha – 84
Cidade de Deus – 78
Praça Seca – 73
Copacabana – 51
Mangueira – 46
Tijuca – 42
Manguinhos 39
(Dados do Aplicativo Fogo Cruzado)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *