São Gonçalo reduz intervalo entre doses da vacina contra covid-19

A partir da próxima segunda-feira (25), os gonçalenses que se vacinaram com os imunizantes Pfizer e Astrazeneca contra o coronavírus até o dia 30 de agosto já podem tomar a segunda dose. O tempo de intervalo foi reduzido de 12 para 8 semanas por determinação do Ministério da Saúde. Onze pontos de vacinação atendem das 8h às 17h. As Clínicas Gonçalenses do Mutondo e Dr. Zerbini, no Arsenal, funcionam das 8h às 21h. As demais doses das vacinas (primeira e de reforço) continuam sendo aplicadas normalmente.

A cidade está vacinando todos os moradores com mais de 12 anos com a primeira dose. Idosos e profissionais de saúde com mais de seis meses de intervalo da segunda dose e os imunossuprimidos com mais de 28 dias de intervalo da segunda dose podem tomar as doses de reforço e adicionais, respectivamente.

Para a aplicação da primeira dose, as pessoas com mais de 18 anos precisam levar carteira de vacinação e cartão do SUS ou CPF. Os menores de 18 anos devem apresentar caderneta de vacinação, cartão do SUS ou CPF, identidade e ir acompanhado de uma pessoa responsável com mais de 18 anos. A Secretaria está realizando o intercâmbio de vacinas na segunda dose, dependendo da necessidade e doses disponíveis em cada local de vacinação. As doses de reforço e adicional são feitas com a Pfizer.

Para a segunda dose, é obrigatório apresentar documento de identidade e o comprovante de vacinação da primeira dose. Para a dose de reforço dos idosos é necessário levar identidade e comprovante de segunda dose. Para a dose adicional dos imunossuprimidos, o comprovante da segunda dose aplicada, identidade e o comprovante/laudo da doença imunossupressora. E os profissionais de saúde devem apresentar identidade, comprovante de segunda dose e documento do conselho ao qual pertence.

Os profissionais de saúde que estão aptos para a dose de reforço são: enfermeiro, técnico e auxiliar de enfermagem, médico, fisioterapeuta, nutricionista, odontólogo, fonoaudiólogo, psicólogo, biólogo, farmacêutico, assistente social, biomédico, auxiliar e técnico de saúde bucal, profissional de Educação Física, agente comunitário de saúde, agente de combate às endemias, profissional da vigilância em saúde, trabalhador de apoio: recepcionista, segurança, trabalhador da limpeza, cozinheiro e auxiliar, motorista de ambulância, gestor e outros. Inclui-se, ainda, aqueles trabalhadores que atuam em cuidados domiciliares que atuam em programas ou serviços de atendimento domiciliar como, por exemplo, cuidadores de idosos, doulas e parteiras.

Locais de vacinação

– Polo Sanitário Dr. Washington Luiz, Zé Garoto

– Salão do Clube Mauá, Centro

– Umpa Nova Cidade

– Clínica Gonçalense do Mutondo

– Polo Sanitário Dr. Hélio Cruz, Alcântara

– Clínica da Família Dr. Zerbini, Arsenal

– Polo Sanitário Rio do Ouro

– PAM Coelho

– Cras Vista Alegre

– PAM Neves

– Umpa Pacheco

– Polo Sanitário Paulo Marques Rangel, Portão do Rosa

– Polo Sanitário Jorge Teixeira de Lima, Jardim Catarina

Ponto com drive thru

– Campo do Clube Mauá, Centro

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + treze =