São Gonçalo prepara campanha de alerta contra hepatite

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) cerca de 400 milhões de pessoas estão infectadas pelo vírus da hepatite B e C em todo planeta, número dez vezes maior que o de contaminados pelo HIV, por exemplo. Com o objetivo de reverter este quadro, a Prefeitura de São Gonçalo, através da Secretaria Municipal de Saúde, irá lançar a campanha “Julho Amarelo”, marcada pelo Dia Mundial de Combate às Hepatites Virais, no dia 28. Ontem, foi realizada reunião entre equipe técnica e o prefeito, José Luiz Nanci, para discutir os detalhes da ação.

A campanha vai ao encontro a uma bandeira levantada por Nanci na época em que era deputado estadual, quando criou a lei que institui o Dia Estadual de Combate às Hepatites Virais (19/5). As ações no mês de julho incluem iluminação amarela em pontos estratégicos da cidade – para alertar sobre a doença -, testagem rápida em praças e nos cinco Polos Sanitários, além de ações de prevenção e promoção contínua em todas as unidades básicas de saúde.

“As hepatites virais são doenças silenciosas que atingem o fígado, podendo causar cirrose e câncer. Elas podem ser transmitidas por contato sexual ou com o sangue, por isso é importante se prevenir e estar sempre alertando a população”, explicou o prefeito, acompanhado do secretário de Governo, Rodrigo Miranda.

O “Julho Amarelo” será realizado com apoio do Programa Municipal IST/Aids, em parceria com a ONG Amarante. Os testes para hepatites estão disponíveis nos serviços de saúde para todas as pessoas.

“Toda a rede de atenção básica possui equipe capacitada para fazer o trabalho de prevenção. Nossa intenção é mostrar para a população os perigos dessa doença e como deve ser feito o tratamento”, conta a subsecretária de Atenção Básica, Maria Auxiliadora Rodrigues.

Como prevenir
As hepatites B e C são doenças transmitidas pelo contato sexual ou com contato com sangue. Para se prevenir, as pessoas devem usar preservativos e tomar as três doses da vacina de hepatite B. As crianças devem se vacinar contra hepatite A. Também é importante não compartilhar material de uso pessoal, como alicates de cutícula, lâminas de barbear e escova de dente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − dez =