São Gonçalo está com média de apenas 30% no alcance das vacinas

São Gonçalo está abaixo das metas estabelecidas pelo Ministério da Saúde em São Gonçalo, com uma média de 30% de alcance das vacinas. A informação foi divulgada pela Secretaria Municipal de Saúde e Defesa Civil de São Gonçalo que salientou que isso engloba todos os percentuais da vacinação infantil que estão abaixo do recomendado. A cidade está participando da Campanha Nacional de Multivacinação, que começou na última sexta-feira (01) e vai até o dia 29 de outubro, para a atualização de 18 tipos de vacinas para crianças e adolescentes.

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) informou que a campanha também contará com um Dia D de mobilização, em 17 de outubro. Nesta data, considerada o Dia Nacional da Vacinação, o chamado à população será intensificado. São Gonçalo conta com 75 unidades de saúde para todas as vacinas de rotina, e de acordo com nota, os gonçalenses devem levar qualquer documento de identificação do menor e a caderneta de vacinação. A ausência de um ou de outro, no entanto, não impede a aplicação das vacinas.

Segundo autoridades do Ministério da Saúde a baixa cobertura vacinal é explicada pela disseminação de notícias falsas (fake news) e pela atuação de grupos antivacinas. Embora o Sistema Único de Saúde (SUS) oferte imunizantes contra todas essas enfermidades, o secretário de Vigilância em Saúde, Arnaldo Medeiros, alertou para a queda da cobertura vacinal nos últimos anos.

QUAIS VACINAS?

No calendário da criança, que inclui a imunização de crianças de até 10 anos de idade, são 14 vacinas no total. São elas: BCG, Hepatite B, Penta (difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e poliomielite), Polio inativada, Polio oral, Rotavírus, Pneumo 10, Meningo C, Febre Amarela, Tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola), Tetra viral (sarampo, caxumba, rubéola e varicela), DTP (tríplice bacteriana), Hepatite A e Varicela. No calendário do adolescente há mais vacinas, além de reforços das imunizações feitas na infância. São elas: Hepatite B, Febre Amarela, Tríplice viral, Difteria e tétano adulto, DTPa, Meningocócica ACWY, HPV quadrivalente e Varicela.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze + nove =