São Gonçalo decreta luto de três dias pela morte da educadora Marlene Salgado

O prefeito de São Gonçalo, Capitão Nelson, decretou luto oficial de três dias pela morte da reitora da faculdade Universo, Marlene Salgado de Oliveira, aos 86 anos. A professora faleceu na manhã desse sábado (21) de causas naturais e completaria 87 anos no próximo dia 30. O velório será no Parque da Colina, na Região de Pendotiba, a partir das 15h45min desse sábado (21).

A Prefeitura de São Gonçalo divulgou em nota que a educadora muito contribuiu para a educação de milhares de pessoas no município. “A professora Marlene sempre se dedicou à Educação, contribuindo direta e incansavelmente para a formação de milhares de gonçalenses. O município perde hoje uma de suas maiores educadoras, mas seu legado continuará em cada sala de aula”, lamentou capitão Nelson.

O presidente da Câmara Municipal de São Gonçalo, o vereador Lecinho Breda, também lamentou o falecimento. “Foi com enorme pesar que recebi a notícia. Poucas pessoas tiveram uma trajetória tão significativa na educação quanto a professora Marlene Salgado de Oliveira. Sua partida, deixa uma lacuna no diálogo e entendimento. Vou decretar luto oficial de três dias no Poder Legislativo Gonçalense por reconhecer a sua luta pela Educação pela região Leste Fluminense, pelo Brasil e especialmente por sua terra de coração. Aos filhos Walace e Wellington, demais familiares e amigos, as minhas condolências, que nosso Senhor Jesus Cristo traga o conforto necessário neste momento de tristeza profunda”, escreveu.

O prefeito de Niterói, Axel Grael, também ressaltou a importância da professora e a lastimável perda. “Recebi com tristeza a notícia do falecimento da professora Marlene Salgado de Oliveira. Lamento muito a perda deste grande nome da educação no país e na nossa cidade. Reitora da Universo, irá sempre nos inspirar com seu legado de empreendedorismo e na formação de gerações de profissionais e cidadãos. Vou decretar luto oficial de três dias em Niterói em reconhecimento ao seu trabalho e empenho na Educação de nossa cidade. Aos filhos Walace e Wellington, demais familiares e amigos, minha condolências”, disse em uma postagem na rede social.

Marlene estava internada no Complexo Hospitalar de Niterói (CHN) e deixou um grande legado para a educação em todo o país.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.