Santo Antônio reúne mais de 20 mil fiéis em Icaraí

Ontem foi celebrado na igreja católica o Dia de Santo Antônio e na Paróquia Porciúncula de Sant’Ana, em Icaraí, a festa levou mais de 20 mil fiéis para dentro e fora da igreja. O lema desse ano foi ‘Santo Antônio, leva-nos a Maria, de Aparecida e de Fátima’. Filas para pegar o pão abençoado e o tradicional bolo da sorte marcaram o dia. Além das missas e procissão para encerrar com chave de ouro as comemorações.

Ao todo foram distribuídos cerca de 50 mil pãezinhos abençoados, doados antes e durante a festa, que trazem fartura e prosperidade. Voluntários trabalharam arduamente para colocar os pães dentro dos saquinhos com a oração do conhecido Santo Casamenteiro. E na confecção do bolo a comunidade também foi fiel e ajudou com a receita do bolo igual para todo mundo, inclusive os tabuleiros no mesmo tamanho. Ao todo foram 35 bolos montados e cada um levou 16 tabuleiros.

O Frei Salésio Lourenço Hillesheim, responsável pela paróquia, disse que foram espalhadas mil medalhas de Santo Antônio nos bolos. A professora Narda Silva comprou bolo para a família inteira. “Não estou em busca do casamento pois já sou casada, mas acredito na benção desse doce. Como ele é o santo da família, a benção cai para todo mundo que provar o bolo. Sou devota há mais de 20 anos dele e sempre venho nessa festa linda”, apontou a niteroiense.

Mas enquanto Narda busca benção do santinho, a funcionária pública Mariana Lessa, 35 anos, pediu muito um marido por longos anos e finalmente conseguiu através de promessa para Santo Antônio. A união estável entre ela e o técnico em eletrônica Felipe Souza, de 26 anos, já foi formalizada e o casamento está marcado para 13 de junho de 2020. “No dia de Santo Antônio em 2015 eu fiz a trezena dele e fui atendida seis dias depois, quando conheci meu namorado e hoje marido. No mesmo dia comi o bolo e achei a medalha na massa. E hoje em dia compramos um imóvel e descobrimos que é na Travessa Santo Antônio, em São Lourenço. Preciso dar mais indícios da devoção e benção?”, brincou a niteroiense, que já repassou a medalha que encontrou e hoje usa outra medalhinha do santo.

Frei Salésio explicou essa adoração ao santo. “Santo Antônio é um santo acessível e um dos mais populares. Ele movimenta Niterói, Rio de Janeiro, Nova Iguaçu e todas as igrejas celebram ele. A participação é tanta que parece que ninguém trabalha nesse dia. Ele é um santo das coisas simples, do namorado, da esposa e da família como um todo”, comentou.

Ao todo sete missas foram celebradas, com bençãos a cada meia hora. O Arcebispo de Niterói, Dom José Francisco Rezende Dias presidiu uma celebração à tarde, que reuniu cerca de duas mil pessoas. Depois da missa das 19h, celebrada pelo próprio frei, os fiéis seguiram em procissão pelas ruas de Icaraí com participação de Equipes de Liturgia das Missas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − oito =