Salas comerciais fechadas em Niterói podem ser transformadas em pequenos flats

Raquel Morais

A pandemia do coronavírus alterou a rotina dos niteroienses e o Centro da cidade, que possui um grande projeto de revitalização, foi um dos bairros que mais sofreram com o esvaziamento. Desde o início da crise sanitária, com lojas fechadas e aumento do trabalho remoto de muitas empresas, o Centro ficou vazio e isso é um fator negativo para o tradicional comércio da cidade. A Câmara dos Dirigentes Lojistas de Niterói (CDL-Niterói) elaborou um projeto para transformar salas comerciais em pequenos ‘flats’ residenciais. O principal objetivo é movimentar novamente o Centro da cidade.

Com a flexibilização das atividades, o que era para ser a volta da realidade está um pouco distante, já que empresários estão optando por manter os funcionários trabalhando de casa. O objetivo é a busca de melhor qualidade no serviço e economia com contas básicas, como energia e água, por exemplo. Essa nova realidade deverá permanecer mesmo com o fim da pandemia e um estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV) confirma que 30% das empresas brasileiras devem manter o home office.

O presidente da CDL-Niterói, Manoel Alves Júnior, explicou que o comércio no Centro da cidade sobrevive da movimentação de pessoas, das repartições públicas e dos serviços que têm no Centro, além dos moradores.

“O confinamento social e mudança de comportamento dos profissionais trabalhando em casa diminuiu o número de funcionários e muitas fecharam. Precisamos de uma política que permita o Centro ter um movimento maior. Poderíamos transformar as salas comerciais em residenciais, como pequenos flats. Para isso precisará de autorização da prefeitura e uma série de adaptações”, frisou.

Manoel salientou que no passado alguns prédios do Centro de Niterói se dividiam entre residências e comércios.

“Geralmente até o terceiro andar eram escritórios comerciais e depois residências nos andares superiores. Temos que discutir esse assunto para trazer movimento para o bairro”, completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 − 2 =