Salário-mínimo sobe para R$ 954 em 2018

O presidente Michel Temer assinou, no último dia útil de 2017, um decreto que fixa o valor do salário-mínimo em R$ 954 para o ano de 2018. O novo valor, R$ 17 maior que o atual, passa a valer a partir do dia 1º de janeiro.

O decreto deve ser publicado ainda nesta sexta em edição extra do Diário Oficial da União. O valor divulgado é R$ 11 menor do que o previsto inicialmente no orçamento de 2018, aprovado no Congresso no valor de R$ 965. O reajuste de 1,81% segue a previsão do Índice de Preços ao Consumidor (INPC).

O reajuste do salário-mínimo em 2018 será o menor desde a criação do Plano Real, em 1994. Além de ser o menor aumento em 23 anos, o reajuste será inferior à inflação acumulada nos últimos 12 meses pela primeira vez desde 2011.

Até quinta-feira (28), o menor reajuste anual do mínimo havia sido concedido em 1999, quando aumentou 4,62%. A inflação acumulada em 12 meses era, porém, menor que o reajuste: 3,14%. Por isso, apesar de pequeno, o reajuste garantiu aumento real de 1,48% aos trabalhadores e pensionistas naquele ano.

Desde então, o mínimo sempre teve aumento superior à inflação exceto em 2011, quando subiu 5,88% e ficou ligeiramente abaixo da inflação de 5,99%.

No Plano Real, o maior aumento nominal do mínimo ocorreu em 2003, quando o salário subiu 20%, ao passar de R$ 200,00 para R$ 240,00. Quando o real foi adotado como a moeda brasileira, em julho de 1994, o mínimo era de R$ 64,79.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *