Saída para feriadão aumenta movimento nas estradas da região

Wellington Serrano

O movimento nas estradas que cruzam a região começa a aumentar a partir da tarde desta quinta-feira (18) na saída para o feriado prolongado de Páscoa. Segundo a Arteris Fluminense, concessionária que administra os 322 quilômetros de rodovia entre a divisa RJ/ES, em Campos dos Goytacazes, e Niterói, mais de 515 mil veículos são esperados na BR-101 RJ/Norte, entre os dias 18 e 24 de abril, para o feriado nacional de Páscoa (21 de abril) e o feriado estadual de São Jorge (23 de abril).

Segundo a concessionária, o pico prrevisto será no retorno do feriado com mais de 95 mil veículos na terça-feira (23 de abril) e a maior concentração de veículos está prevista para o trecho de 60 quilômetros entre as cidades de Niterói e Rio Bonito.

Interdição total do viaduto
Sobre a Avenida do Contorno, que segue em recuperação no km 321 sul, a partir da noite do dia 18 de abril (quinta-feira), será necessária a interdição total do viaduto do km 320,9, sentido Niterói, por 72 horas. Nesse período, será realizado uma concretagem complementar à estrutura do viaduto que foi danificado por um incêndio causado por terceiros.
O acesso para Av. Feliciano Sodré e Ponte Rio-Niterói será feito exclusivamente pela faixa reversível de 1,5 km. Não haverá alterações na pista sentido Região dos Lagos e Norte Fluminense.

Também nestes dias, o acesso à Avenida do Contorno pelo Viaduto do Barreto será desviado para BR-101 na altura da quadra da G.R.E.S Unidos do Viradouro, com retorno sinalizado para o sentido sul no km 318, no acesso para Av. Paiva e Base Naval de Ilha das Flores, em Neves.
No dia 22 de abril (segunda-feira), pela manhã, a concessionária liberará duas faixas para o tráfego sobre o viaduto do km 320,9 sentido Niterói e, somando com a faixa reversível, os usuários poderão usufruir novamente do sistema de três faixas de rolamento por sentido (3×3).
Toda a operação tem a anuência da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e da Polícia Rodoviária Federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *