Saiba onde serão os 28 pontos de bloqueio em Niterói

Chamada de “Plano Lockdown” ou “Plano Restrição Niterói”, determinação para restringir o acesso de moradores de outros municípios abrange outras iniciativas além dos 28 bloqueios que serão instalados. Haverá implantação de mão dupla em vias, inversão de sentido em outras e alteração no itinerário de linhas de ônibus.

Os 28 pontos de bloqueios, sendo 21 deles totais e sete com passagem permitida para moradores e transporte de cargas, serão divididos em cinco setores: Oceânica, Pendotiba, Leste Metropolitano, Norte e Área Central. Segundo a Prefeitura de Niterói, é esperada uma redução de 80% no movimento do Terminal João Goulart, por onde passam diariamente cerca de 350 mil pessoas, correspondente a quase 70% da população niteroiense.

Entre as intervenções no trânsito, estão a criação de mão dupla na Rua Benjamim Constant no trecho entre o Viaduto do Santana e o Ponto Cem Réis, e a inversão de pista da Avenida Feliciano Sodré no sentido Alameda no trecho do Ponto Cem Réis. Já os ônibus com destino à Alameda São Boaventura deverão seguir pelas ruas Marechal Deodoro e São Lourenço. Os que seguem em direção à Avenida do Contorno vão seguir também pela Rua Marechal Deodoro e pela Avenida Jansen de Mello.

SETOR OCEÂNICA

No Setor Oceânica serão dois pontos de bloqueio, sendo um com checagem da Guarda Municipal (Várzea das Moças) e outro permanente (Estrada de Itaupuaçu).

SETOR PENDOTIBA

No Setor Pendotiba serão sete locais, sendo um com checagem da GM (Estrada Caetano Monteiro) e seis permanentes (Travessa União, Estrada Muriqui Pequeno, Rua Inglaterra, Rua Holanda, Avenida França e Rua Portugal).

SETOR LESTE METROPOLITANO

No Setor Leste Metropolitano haverá apenas um ponto de restrição, com checagem de agentes municipais, no Trevo de Santa Bárbara.

SETOR NORTE

O Setor Norte é o que conta com maior número de locais de interdição, com 12 no total, sendo dez permanentes nas ruas General Castrioto, Doutor Câmara Coutinho, João Batista, Sá Pinto, Coronel Amarante, Capitão Geraldo de Oliveira, Major Goudin, da Cruz, na Travessa União e um em Venda da Cruz, onde também haverá um ponto com checagem da GM. O outro local onde os agentes estarão operando e conferindo a documentação das pessoas será no Viaduto do Barreto.

SETOR ÁREA CENTRAL

Seis pontos de bloqueio estarão espalhados pelo Setor Área Central, sendo dois com checagem (Avenida Feliciano Sodré e Alça da Alameda São Boaventura), e quatro permanentes: Viaduto do Santana, Praça Renascença, Alça da Jansen de Mello e Alameda São Boaventura.

Também neste setor haverá mudanças no trânsito, com Ligação de mão dupla na Rua Benjamim Constant para evitar que moradores da Região Norte e Ilha da Conceição sejam obrigados a passar pelos bloqueios. Será utilizado um efetivo de 200 agentes da Guarda Municipal e da Nittrrans para trabalhando alternadamente durante 24 horas.

Sinalização

Tanto os bloqueios quanto as mudanças no trânsito terão sinalização. Serão usadas barreiras físicas de concreto nos pontos de fechamento permanente, barreiras físicas de plástico nos pontos de checagem, sinalização vertical dos pontos de bloqueio, de integração e das novas rotas da Ilha da Conceição e Barreto, pintura da sinalização horizontal em mão dupla na Rua Benjamim Constante, além da suspensão das faixas reversíveis enquanto durar a operação.

7 thoughts on “Saiba onde serão os 28 pontos de bloqueio em Niterói

  • 2 de abril de 2020 em 14:39
    Permalink

    Boa tarde! Gostaria de saber para o pessoal dos serviços essenciais que trabalham no Rio, como faremos para chegar nas Barcas, já que hoje é o único meio de transporte público para chegar até o Rio??

    Resposta
    • 2 de abril de 2020 em 17:08
      Permalink

      Como se faz para buscar medicamento manipulado em Niterói se moro em itaipuaçú?

      Resposta
      • 2 de abril de 2020 em 22:33
        Permalink

        Eu moro em Venda da Cruz e minha mãe está internada num hospital de Santa Rosa, em Niterói. Sempre preciso ir a Niterói para comprar medicamentos para ela. Com essa restrição, como poderei ir nas farmácias de Niterói se não vou poder sair de Venda da Cruz?

        Resposta
  • 2 de abril de 2020 em 16:28
    Permalink

    Muito boa essas medidas
    Mais me tirem uma dúvida moro em Niterói e em Barra De Maricá .
    Quando eu vier de Maricá para trabalhar no banco como vigilante bancário e só mostrar o comprovante de residência ou o crachá da empresa?

    Resposta
  • 2 de abril de 2020 em 20:07
    Permalink

    motorista de aplicativo não poderá passar pela ponte sentido Rio sozinho sem passageiro??

    Resposta
  • 3 de abril de 2020 em 02:44
    Permalink

    Mas uma tentativa de esfaqueamento e a polícia não faz nada, vai na delegacia fazer um BO e eles te mandam de volta pra casa dizendo que eu não deveria estar lá! Uma piada a polícia de Niterói

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 4 =