Safra de algumas frutas fazem preço despencar

Raquel Morais

Dados da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) apontam um aumento na comercialização de algumas frutas, como laranja, melancia e maçã, nas Centrais de Abastecimento (Ceasas) devido a queda nos preços em diversos polos do país. Apesar do Ceasa de São Gonçalo não ter participado da pesquisa, entre os comerciantes desse espaço no Colubandê a percepção é a mesma.

Segundo a Conab, no caso da laranja e da melancia as quedas são justificadas pelo início da safra e pela elevação da oferta dos produtos. No caso da maçã a redução dos preços aconteceu pela diminuição da quantidade na maioria dos mercados. O empresário Iramir Jorge é dono do balcão Natural e Legumes e confirmou na prática o resultado da pesquisa. No local o saco de 20 quilos de laranja pera está sendo vendido por R$ 30; a melancia por R$ 1 o quilo e a maçã por R$ 35 a caixa com 18 quilos.

O comerciante Luís Alberto, dono do sacolão Inoã, em São José do Imbassaí, Maricá, é freguês assíduo do Ceasa São Gonçalo e está aproveitando os bons preços. Ele informou que no seu estabelecimento revende a laranja por R$ 1,99 o quilo, a melancia por R$ 1,49 e a maçã por R$ 2,49 o quilo. “Nesses períodos temos que aproveitar as frutas e legumes que estão com preço bom e, com isso, o cliente final também acaba optando por alimentos da safra que estão mais em conta”, resumiu.

O comerciante do Ceasa Rogério Silva também explicou que, além de frutas, a abóbora apresentou uma queda no preço muito grande, com o quilo chegando a ser comercializado por R$ 0,98. “Trabalhamos com a lei da oferta e da procura. E sempre são assim as negociações”, completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *