Roubos voltam a assustar o Centro e Zona Sul de Niterói

No fim da noite do dia 31 de janeiro, o motorista de um veículo de luxo modelo Toyota, de cor branca, que se preparava para entrar e estacionar no Condomínio Chácara de São Francisco, sentiu na pele até que ponto chegou a ousadia dos criminosos que estão atacando na cidade de Niterói, praticando diversos tipos de roubos, que vão desde veículo, passando por ataques a transeuntes, de carga, de celulares e a estabelecimentos comerciais, entre outras modalidades.

A vítima manobrava para entrar no condomínio, situado nas imediações do Parque da Cidade, e não teria percebido que estava sendo seguido por ocupantes de outro carro, de cor branca. Ele foi rendido, retirado do veículo por cinco criminosos, um deles armado, e obrigado a observar estarrecido os bandidos fugirem, levando seu carro. A ação durou cerca de 30 segundos. As imagens do assalto, gravadas com muita nitidez, por câmeras de segurança posicionadas no local da ocorrência, foram divulgadas nas redes sociais, cerca de 24 horas após o roubo, na noite de quinta-feira (01).

Policiais do 12º Batalhão intensificaram o patrulhamento na região, pois não foi a primeira vez que ladrões atacaram vítimas, sobretudo para roubo de veículo no local, e a Polícia Civil (79ª DP/Jurujuba) informou que o crime foi registrado e que as investigações sobre o caso estão em andamento. A exemplo de quarta-feira passada, no dia 30 de outubro do ano passado câmeras de segurança instaladas na Rua Nossa Senhora de Lourdes também registraram (dessa vez pela manhã) a ousadia de quatro criminosos fortemente armados que atacaram vítimas no local. Na ocasião, três dos bandidos descem de um C-3 branco e cercaram um casal que estava num outro carro, um Civic preto. Um dos marginais estaria portando um fuzil equipado com mira telescópica, enquanto outros dois portavam pistolas.

Os marginais obrigaram o casal a descer do carro, roubam os pertences das vítimas, e antes de fugirem ainda abordam o condutor de um outro carro, de cor preta, estacionado quase em frente. Um dos criminosos permaneceu ao volante do C-3 dando cobertura a ação dos demais. Após o roubo os bandidos fugiram levando os carros. De acordo com informações, o Citroen C-3 teria sido roubado momentos antes do ataque em São Francisco. Policiais civis da 79ª DP (Jurujuba) tiveram acesso a denúncias sobre o ataque dos bandidos e foram para o local e também fizeram uma varredura onde ocorreu os dois assaltos. Nas redes sociais algumas pessoas comentaram que o local onde ocorreu os ataques de bandidos em São Francisco seria uma “rota” utilizada por traficantes da comunidade do Preventório, em Charitas, que assim evitariam o trajeto pela orla, onde o patrulhamento é ainda mais tudo.

Polícia e câmeras de segurança parecem não intimidar bandidos
Mesmo com câmeras de segurança instaladas em vários bairros e diversas ruas da cidade, sem falar no próprio sistema de segurança, posicionados em condomínios e estabelecimentos comerciais, parecem não intimidar ou inibir a ação dos bandidos. Em várias vias conhecidas do Centro da cidade, por exemplo, como ruas Visconde do Uruguai, Visconde de Sepetiba e Marquês do Paraná, além da Avenida Feliciano Sodré, há relatos da ação de criminosos, que estariam – a exemplo de denúncias feitas no ano passado – arrombando e furtando estabelecimentos comerciais e residenciais.

“Muita gente prefere nem prestar queixa. Não é certo, mas temos que levara em consideração que as pessoas estão desacreditadas, temem por retaliações e vingança dos bandidos. Acham que não há garantias de que a denúncia ou o registro de ocorrência sejam uma forma de tirar esses bandidos das ruas. Essa sensação de inseguirança não é só em Niterói. É no estado todo. Até no interior se reclama de violência. A polícia procura fazer a parte dela, mas os bandidos parecem estar mais bem armados do que os policiais”, afirmou um morador de Niterói, que estava num bar situado no Centro, que preferiu o anonimato.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − treze =