Roubos de rua crescem 91% em Niterói

Pedro Conforte –

No primeiro mês do ano, a cada dia 16 pessoas ficaram na mira de uma arma e foram assaltadas pelas ruas de Niterói. É é o que revelam os dados divulgados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP). Ao todo, foram 514 casos de roubos de rua (somatório de roubo a transeunte, de celular e em coletivo) em janeiro na cidade, um crescimento de 91,7% se comparado com janeiro do ano passado. Em relação ao roubo de carga, quase 20% de todos os casos registrados no Estado aconteceram nas ruas de São Gonçalo.

Outro crime que virou rotina na vida do niteroiense foi o roubo de veículo. De acordo com os dados do ISP, foram 195 casos em janeiro, um aumento de mais de 36% na comparação com o mesmo mês de 2017. Niterói teve um aumento maior que registrado em todo o Estado, que foi de 25,7% (4.206 em 2017 – 5.286 em 2018). O número alto vem se mantendo desde dezembro, quando 193 motoristas foram retirados de seus carros e o viram ser levados.

No último dia 22, A TRIBUNA noticiou que um levantamento feito pelo 12º BPM (Niterói) entre os dias 1º e 20 de fevereiro (portanto mais atualizado que o ISP) mostrou que os casos de roubos de rua resultaram em 313 ocorrências nas delegacias da cidade, 81,9% acima da meta prevista no período, que era de 172. Já os roubos de veículo chegaram a 124 casos, 28,3% abaixo da meta prevista para o batalhão, que era de 173.

O ISP destacou que, por conta de paralisações na Polícia em 2017, algumas pessoas não tenham conseguido realizar os registros, porém os casos de Roubo de Veículo e Letalidade Violenta (Homicídio Doloso, Latrocínio, Homicídio Decorrente de Oposição à Intervenção Policial e Lesão Corporal Seguida de Morte) não foram afetados, pois os registros desses delitos continuaram a ser feitos nas delegacias.

Em relação à letalidade violenta, menos pessoas morreram em janeiro de 2018. Foram 17 casos, frente aos 22 que foram registrados no mesmo período do ano passado, indo na contramão de todo o Estado, que teve um aumento de 7,6% (603 em 2017 – 649 em 2018).

Roubo de carga cresce mais em SG do que no Estado
Os casos de roubo de carga tiveram em todo o Estado um crescimento de 41% em janeiro. Ao todo foram 977 casos em comparação com os 693 casos do primeiro mês de 2017. Isso mostra que, em média, foram 31 roubos de cargas por dia, mais de um por hora em todo o Estado.
Em São Gonçalo foram registrados 180 roubos de carga em janeiro deste ano, o que representa 18% dos crimes que aconteceram em todo o território do Estado, uma média de um caso a cada quatro horas. Em janeiro de 2017 foram 107 casos, isso mostra que a modalidade vem crescendo mais em São Gonçalo do que no Rio Janeiro, que registrou aumento de 68%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *