Roubos de carga caem quase 70% em Itaboraí

Uma das cidades que mais registrou roubos de carga no ano passado foi Itaboraí, por ser cortada pela BR-101. Mas em 2019 houve uma redução drástica nos registros desta modalidade de crime. Nos sete primeiros meses deste ano foram registradas 77 cargas roubadas, uma queda de mais de 67% frente aos 236 registrados no mesmo período de 2018. Outra cidade que também apresentou retração foi São Gonçalo, no entanto, uma em cada cinco cargas roubadas no Estado aconteceu nos limites da cidade, de acordo dados divulgados esta semana pelo Instituto de Segurança Pública (ISP).

Durante a intervenção federal na segurança pública do Estado, no ano passado, a principal bandeira era reduzir os roubos de carga que aconteciam quase que diariamente nas rodovias que cortavam a região. Em Itaboraí, no mês de julho do ano passado, foi contabilizado quase um roubo por dia. Neste ano, no mesmo período, foram registrados 15 roubos em todo mês, uma queda de 28%.

Outra cidade que também que apresentação retração nas cargas roubadas foi São Gonçalo. Foi registrada uma queda de 15% na comparação dos meses de julho e de quase 20% no acumulado dos sete primeiros meses do ano. Apesar disso, São Gonçalo ainda apresenta altos índices de roubo de carga; de janeiro a julho foram 1.177 cargas levadas por criminosos, o que representa mais de 20% de todos os roubos de carga do Estado.

Segundo ainda o ISP, em Niterói os roubos se mantiveram no mesmo patamar: foram 20 ocorrências nos dois anos. Mas, no acumulado dos sete primeiros meses do ano houve uma retração de 11%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezessete + 13 =