Roubo de medicamento oncológico para Icaraí

Geovanne Mendes –

Por volta das 14 horas desta sexta-feira (20) um assaltante invadiu uma clínica de Oncologia, no quarto andar do edifício Espaço Comercial Elite, na Rua Lopes Trovão, em Icaraí, rendeu os funcionários do estabelecimento médico e levou duas caixas com cerca de 50 frascos para tratamento de câncer. Cada ampola custaria em torno de R$ 20 mil. Na saída do prédio entrou em luta corporal com um dos funcionários da clínica, Bruno Figueiras, de 35 anos, disparando um tiro no peito do rapaz, que foi socorrido e se encontra em estado grave no Hospital Estadual Azevedo Lima. O bandido acabou deixando o material do roubo jogado na calçada e fugiu correndo em direção à praia de Icaraí.

No prédio comercial onde existem cerca de 30 clínicas médicas, escritórios de advocacia e consultórios odontológicos, teve no dia de ontem o seu primeiro contato com a violência. O proprietário de um restaurante próximo ao local conhece o funcionário Bruno e disse que se trata de um bom rapaz e que diariamente almoça no restaurante dele, além disso o rapaz havia almoçado uma hora antes de ser baleado pelo assaltante. O dono do restaurante, que não quis ser identificado disse também que ele e os clientes do local, viram o homem correndo pela rua guardando uma pistola na cintura. Além disso, o comerciante ofereceu aos policiais imagens das câmeras de segurança para ajudar nas investigações. Momentos antes do bandido entrar no edifício comercial, ele havia estacionado o carro, um Honda Civic branco, placa KOW-4037, não registrado como roubado e saiu com um isopor, que seria utilizado mais tarde para armazenar os remédios.

“Eu conheço o Bruno Figueiras, ele come aqui no meu restaurante todo dia e hoje mesmo esteve aqui pouco tempo antes desta violência. Eu vi o bandido estacionando o carro dele aqui em frente. Quando escutamos o tiro os clientes entraram em desespero e todos entraram para dentro do restaurante, foi horrível, em seguida vimos o bandido correndo. Um homem branco, forte, de uns 50 anos de idade mais ou menos e seguiu em direção a praia”, relatou o empresário.

Segundo os policiais um detalhe chama a atenção neste caso, o fato do bandido saber quais remédios queria e detalhe: por serem remédios oncológicos para o tratamento de diversos tipos de câncer e auxiliar na realização de quimioterapia, alguns chegavam a custar R$ 20 mil e foram justamente estes, os mais caros, que o assaltante escolheu. O que desperta ainda mais a curiosidade dos agentes, que não descartam a possibilidade de participação de alguém que conheça tudo sobre medicação oncológica. Além disso, os policiais já começaram a analisar imagens de câmeras de segurança do prédio onde aconteceu o assalto e de lojas vizinhas ao edifício.

“O homem subiu, entrou na clínica e rendeu os funcionários, exigiu os mais caros, dando nome às medicações e em seguida desceu com dois funcionários para carregar os medicamentos, provavelmente para levar até o carro. O que ele não contava é que este outro funcionário aparecesse e partiria para cima dele, iniciando uma luta corporal na calçada do edifício. Só que o bandido foi mais rápido, sacou a arma, uma pistola e acertou um tiro no peito da vítima que caiu desmaiada na escadaria do edifício Espaço Elite”, narra um policial civil que não quis ser identificado.

De acordo com o comandante do 12º Batalhão da Polícia Militar, o coronel Márcio Rocha, a polícia já está apurando as informações e afirmou que digitais foram colhidas no carro abandonado pelo bandido.

“Estamos acompanhando este caso, inclusive o estado de saúde do funcionário baleado. Trata-se de uma quadrilha especializada em roubo de remédios caros, de grande valor no mercado negro. Só que desta vez eles deixaram um rastro de pistas que irão nos nortear e chegar nos autores deste crime. Conseguimos as digitais do bandido no carro abandonado”, comentou o comandante.

A foto do assaltante já está em mãos da Polícia Civil, que pede ajuda à população para identificá-lo através do disque denúncia no telefone 2253-1177. O caso foi registrado na 77ª DP (Icaraí).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *