Roqueiros se preparam para festival de música

Anderson Carvalho –

A maratona de shows do Rock in Rio 2017 começa apenas na sexta-feira, mas os amantes do ritmo já estão em compasso de espera para assistir a apresentação de seus ídolos. Em Niterói, alguns irão em excursões e, outros, usando o transporte público. Entre os shows mais esperados estão os de Jon Bon Jovi, Guns N’ Roses, Maroon Five e Aerosmith. A organização do evento espera público de 100 mil pessoas por dia. Em Niterói, cerca de duas mil pessoas deverão ir aos shows em excursões e por conta própria.

A jornalista Soraya Batista, de 31 anos, moradora do bairro do Sapê, irá pela primeira vez. “Eu comprei os ingressos no lote extra e os receberei até quinta-feira. Vou no dia 22, com mais uma amiga, quando tem apresentação do Jon Bon Jovi. Sou fã dele desde criança. Estou muito animada. Comprei o ingresso por causa dele. Pretendia ir no dia 24 também, mas os ingressos se esgotaram. A expectativa está a mil. Acho que vai ser um dos melhores shows da minha vida”, contou a jornalista. Ela preferiu ir de transporte público. “Achei as excursões com preços muito altos. Dizem que é bem organizado. Então, vou arriscar e pegar o BRT. Pretendo sair umas 14h”, disse.

Luiz Cláudio Santos, de 53, leva pessoas ao Rock in Rio desde 1985, na primeira edição do festival. Dessa vez levará cerca de 1.500 fãs de Niterói, além de curtir o festival durante dois dias. “Eu curto muito. Eu irei levar os passageiros todos os dias, mas nos dias 21 e 22 vou assistir também, por causa do Aerosmith e Jon Bon Jovi, de quem sou fã. No primeiro dia levarei três ônibus, saindo às 13h40min da região da Cantareira. Os dias mais cheios são 22 e 23, quando levarei entre 500 e 600 pessoas”, citou Cláudio, que cobra R$ 80 pela ida e volta do evento, por dia.

O aposentado Carlos Henrique Ferreira, de 65 anos, também é um veterano no RIR e trabalha com Cláudio. Ele tentará ir no dia 15, quando Lady Gaga e Ivete Sangalo se apresentam. “Sou fã da Ivete e vou por causa dela. A primeira vez que fui ao Rock in Rio foi em 1991, quando ele foi realizado no estádio Maracanã. Desde então, não perdi uma edição”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 3 =